Dead As Fuck

Motionless In White

Original Tradução Original e tradução
Dead As Fuck

She is a girl driven mad by the relentless forces of the beyond
He will not relent, as he comes for her again and again

I put my hearse in reverse, gonna go for a drive
Up to cemetery, get inside
I could smell her perfume got her blood in a vial
Now we're gonna dig, gonna be here a while. Yeah!

Two hours in, see her skin, threw the shovel aside
Pulled her from the dirt, caught a look in her eye
She's got worms in her mouth, spider webs in her hair
Yeah she may be fucking dead, but I don't care (yeah!)

D-E-A-D
She's my graveyard baby
D-E-A-D
She's my horror queen

Bride of frankenstein, I'll make you come alive
Oh won't you please be mine?

D-E-A-D
She never tricks, she only treats

She was cold to the bone, open wounds on her flesh
Stitches are for bitches, body bag for a dress
I poured her a shot, she threw it back real quick
Now she's goin' to town, with her lips on my boomstick
Lips on my boomstick

D-E-A-D
She's my graveyard baby
D-E-A-D
She's my horror queen

She never tricks, she only treats
There's nothing left she won't do for me
She never tricks, she only treats
There's nothing left she won't do for me
(Hey! Hey! Hey! Hey!)
And then she did a little twist, it went just like this

D-E-A-D
She's my graveyard baby
D-E-A-D
She's my horror queen

Bride of frankenstein, I'll make you come alive
Oh won't you please be mine?

D-E-A-D
She never tricks, she only treats

Morta Pra Caralho

Ela é uma menina enlouquecida pelas forças implacáveis ​​do além
Ele não vai ceder, enquanto vem para ela de novo e de novo

Coloco meu carro fúnebre ao contrário, vou dar um passeio
Até o cemitério, entro
Poderia sentir o cheiro seu perfume, tenho seu sangue num frasco
Agora vamos cavar, vamos ficar aqui por um tempo (yeah!)

Duas horas a dentro, vejo sua pele, jogo a pá de lado
A puxo da sujeira, nós olhamos
Ela tem vermes na boca, teias de aranha no cabelo
Sim, ela pode estar morta pra caralho, mas eu não ligo (yeah)

M-O-R-T-A
Ela é meu bebê cemitério
M-O-R-T-A
Ela é minha rainha dos horror

Noiva do Frankenstein, vou trazê-la a vida
Oh, você não deseja ser minha?

M-O-R-T-A
Ela nunca pede doces, só pode travessuras

Ela estava fria até o osso, feridas abetas na sua carne
Pontos são para vadias, bolsa de corpo para um vestido
A servi uma uma dose, ela virou bem rápido
Agora ela está indo pra cidade, com seus lábios na minha boomstick
Lábios na minha boomstick

M-O-R-T-A
Ela é meu bebê cemitério
M-O-R-T-A
Ela é minha rainha dos horror

Ela nunca pede doces, só pode travessuras
Não sobrou nada, ela não vai fazer por mim
Ela nunca pede doces, só pode travessuras
Não sobrou nada, ela não vai fazer por mim
(Hey! Hey! Hey! Hey!)
E então ela deu uma torcidinha, foi assim

M-O-R-T-A
Ela é meu bebê cemitério
M-O-R-T-A
Ela é minha rainha dos horror

Noiva do Frankenstein, vou trazê-la a vida
Oh, você não deseja ser minha?

M-O-R-T-A
Ela nunca pede doces, só pode travessuras

Composição: Chris Motionless / Andrew Ford / Michael Kenney
Enviada por Fernando e traduzida por Peeh. Legendado por Analu. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Motionless In White

Ver todas as músicas de Motionless In White