Mi Nuevo Vicio

Morat

Original Tradução Original e tradução
Mi Nuevo Vicio

Ooh
Ooh

Trato de pensar que nada pierdo intentando
Darle vuelta a todo y dejar irte tal vez
No sé qué me pasa, ¿a quién estoy engañando?
Mis ganas me consumen y me empieza a doler

No me digo mentiras
Sé que no es cuestión de suerte

Yo contaré las cartas, tú verás las mías
La mesa está fría
Entiende que solo quiero una noche perdida
Mañana te dejo otra vez

¿Por qué seguimos jugando a los dados
Sabiendo que esto está cargado a tu lado?
¿Por qué seguimos jugando a las cartas
Sabiendo que tienes un as bajo la manga?
Y ¿por qué vinimos bailando este tango
Si me caigo del piso sin poder acabarlo?

Eres mi nuevo vicio
Ooh

Y todo lo que dices me parece inocente
Y no se te entiende a lo que quieres jugar
Pero, como contigo la casa nunca pierde
La trampa de tus manos me seduce a apostar

No me digo mentiras
Sé que no es cuestión de suerte

Yo contaré las cartas, tú verás las mías
La mesa está fría
Entiende que solo quiero una noche perdida
Mañana te dejo otra vez

¿Por qué seguimos jugando a los dados
Sabiendo que esto está cargado a tu lado?
¿Por qué seguimos jugando a las cartas
Sabiendo que tienes un as bajo la manga?
Y ¿por qué vinimos bailando este tango
Si me caigo del piso sin poder acabarlo?

Eres mi nuevo vicio
Ooh
Eres mi nuevo vicio
Ooh

(Ooh) si todo se va tan lejos
Nada va a volver, nada va a volver
(Ooh) ya no tengo nada que te falte
Nada va a volver, nada va a volver

(Ooh) admito que siempre esperaré
Nada va a volver, nada va a volver
(Ooh) sabiendo que ya es muy tarde
Nada va a volver, nada va a volver

¿Por qué seguimos jugando a los dados
Sabiendo que esto está cargado a tu lado?
¿Por qué seguimos jugando a las cartas
Sabiendo que tienes un as bajo la manga?
Y ¿por qué vinimos bailando este tango
Si me caigo del piso sin poder acabarlo?

Eres mi nuevo vicio
Ooh
Eres mi nuevo vicio
Ooh

Eres, eres
Mi nuevo, mi nuevo vicio
Ooh
Nada va a volver, nada va a volver
Eres mi nuevo vicio
Ooh
Nada va a volver, nada va a volver

Eres mi nuevo vicio

Meu Novo Vício

Ooh
Ooh

Eu tento pensar que não perco nada tentando
Virar tudo e talvez te deixar ir
Não sei o que está acontecendo comigo, a quem estou enganando?
Meu desejo me consome e começa a doer

Eu não me digo mentiras
Sei que não é uma questão de sorte

Contarei as cartas, você verá as minhas
A mesa está fria
Entenda que eu só quero uma noite perdida
Amanhã te deixo de novo

Por que continuamos jogando dados
Sabendo que isso eles estão viciados a seu favor?
Por que continuamos jogando cartas
Sabendo que você tem um ás na manga?
E por que viemos dançar esse tango
Se eu caio no chão sem poder terminá-lo?

Você é meu novo vício
Ooh

E tudo o que você diz me parece inocente
E não se entende o que você quer jogar
Mas como com você a casa nunca perde
A armadilha de suas mãos me seduz a apostar

Eu não me digo mentiras
Eu sei que não é uma questão de sorte

Contarei as cartas, você verá as minhas
A mesa está fria
Entenda que eu só quero uma noite perdida
Amanhã te deixo de novo

Por que continuamos jogando dados?
Sabendo que isso eles estão viciados a seu favor
Por que continuamos jogando cartas?
Sabendo que você tem um ás na manga
E por que viemos dançar esse tango?
Se eu caio no chão sem poder terminá-lo

Você é meu novo vício
Ooh
Você é meu novo vício
Ooh

(Ooh) se tudo vai tão longe
Nada voltará, nada voltará
(Ooh) já não tenho nada que te falte
Nada voltará, nada voltará

(Ooh) eu admito que sempre vou esperar
Nada voltará, nada voltará
(Ooh) sabendo que é tarde demais
Nada voltará, nada voltará

Por que continuamos jogando dados?
Sabendo que isso eles estão viciados a seu favor
Por que continuamos jogando cartas?
Sabendo que você tem um ás na manga
E por que viemos dançar esse tango?
Se eu caio no chão sem poder terminá-lo

Você é meu novo vício
Ooh
Você é meu novo vício
Ooh

Você é, você é
Meu novo, meu novo vício
Ooh
Nada voltará, nada voltará
Você é meu novo vício
Ooh
Nada voltará, nada voltará

Você é meu novo vício

Composição: Alejandro Posado Carrasco / Juan Pablo Isaza Pineros / Juan Pablo Villamil Cortes / Maurico Rengifo Perez / Simon Vargas Morales
Enviada por Mariana e traduzida por Patrícia. Legendado por Patrícia. Revisões por 3 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog