Idiota (part. Danna Paola)

Morat

Original Tradução Original e tradução
Idiota (part. Danna Paola)

Maldita sean las tres de la mañana
Cuando a la puerta tu recuerdo llama
Una parte de mí no va a dejarlo entrar
Y la otra parte le abre la ventana (ah)

No quiero escuchar esa canción (oh)
No quiero gritar tu nombre
Si pierdo la cabeza el corazón responde

Yo nunca te olvidaré
Y no tiene sentido intentarlo
Porque un amor así no llegará otra vez
Porque un amor así solo llega una vez

Yo nunca te olvidaré
Y tu recuerdo me está matando
Que aunque, un amor así no llegará otra vez
Como un idiota, sigo buscando

Y aunque te sigo llamando, sé
Que yo tengo la culpa de decir adiós
Y para qué te grito: ¿Ven, perdóname?
Dime de qué me sirve malgastar mi voz
Si vas a perdonarme y no vas a volver

Date la vuelta
Miente y di que sientes algo cuando
Me doy la vuelta
Y aunque lo intentes

Todos me dicen que paciencia
Que te ponga a prueba con mi ausencia
Pero nadie ve las consecuencias
De que este juego no salga bien

Todos me dicen que paciencia
Que te ponga a prueba con mi ausencia (ah)
Pero nadie ve las consecuencias (no, oh)
Porque nadie entiende que

Yo nunca te olvidaré (oh)
Y no tiene sentido intentarlo (oh)
Porque un amor así no llegará otra vez
Porque un amor así solo llega una vez

Yo nunca te olvidaré (no, oh)
Y tu recuerdo me está matando (no, oh)
Que, aunque un amor así no llegará otra vez
Como un idiota, sigo buscando (como un idiota)

Todos me dicen que paciencia
Que te ponga a prueba con mi ausencia
Pero nadie ve las consecuencias
De que este juego no salga bien

Todos me dicen que paciencia
Que te ponga a prueba con mi ausencia (ah)
Pero nadie ve las consecuencias (no, oh)
Porque nadie entiende que

Oh, oh, oh
Como un idiota
Oh, oh, oh
Como un idiota

Y aunque un amor así no llegará otra vez
Como un idiota, sigo buscando (como un idiota)

Oh, oh, oh
Como un idiota
Oh, oh, oh
Como un idiota

Aunque un amor así no llegará otra vez
Como un idiota, sigo buscando (oh, oh, oh)

(Como un idiota, sigo buscando)
(Como un idiota, sigo buscando)

Idiota (part. Danna Paola)

Maldita seja as três da manhã
Quando a lembrança de você bate na porta
Uma parte de mim não a deixará entrar
E a outra parte, abre a janela para ela (ah)

Não quero ouvir essa canção (oh)
Não quero gritar o seu nome
Se eu enlouquecer, o coração responde

Eu nunca vou te esquecer
E não adianta tentar
Porque um amor como esse não aparecerá outra vez
Porque um amor como esse só aparece uma vez

Eu nunca vou te esquecer
E a lembrança de você está me matando
Que, embora um amor como esse não aparecerá outra vez
Como um idiota, eu continuo procurando

E, mesmo que eu continue ligando para você, eu sei
Que eu tenho a culpa por dizer adeus
E pra que te clamo: Vem, me perdoe?
Me diga de que adianta desperdiçar minha voz
Se você vai me perdoar e não vai voltar

Dê meia volta
Minta e diga que sente algo quando
Eu me viro
E, mesmo se você tentar

Todos me dizem pra ter paciência
Que te coloque à prova com minha ausência
Mas ninguém vê as consequências
De que este jogo não vai dar certo

Todos me dizem pra ter paciência
Que te coloque à prova com minha ausência (ah)
Mas ninguém vê as consequências (não, oh)
Porque ninguém entende que

Eu nunca vou te esquecer (oh)
E não adianta tentar (oh)
Porque um amor como esse não aparecerá outra vez
Porque um amor como esse só aparece uma vez

Eu nunca vou te esquecer (não, oh)
E a lembrança de você está me matando (no, oh)
Que, embora um amor como esse não aparecerá outra vez
Como um idiota, eu continuo procurando (como um idiota)

Todos me dizem pra ter paciência
Que te coloque à prova com minha ausência
Mas ninguém vê as consequências
De que este jogo não vai dar certo

Todos me dizem pra ter paciência
Que te coloque à prova com minha ausência (ah)
Mas ninguém vê as consequências (não, oh)
Porque ninguém entende que

Oh, oh, oh
Como um idiota
Oh, oh, oh
Como um idiota

E, embora um amor como esse não aparecerá outra vez
Como um idiota, eu continuo procurando (como um idiota)

Oh, oh, oh
Como um idiota
Oh, oh, oh
Como um idiota

Embora um amor como esse não aparecerá outra vez
Como um idiota, eu continuo procurando (oh, oh, oh)

(Como um idiota, eu continuo procurando)
(Como um idiota, eu continuo procurando)

Composição: A. Grant / Andres Torres / Danna Paola / Juan Pablo Isaza Pineros / Juan Pablo Villamil Cortes / Mauricio Rengifo
Enviada por Vitória e traduzida por Vitória. Legendado por Gustavo e Patrícia. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog