ParáSito

Molotov

Original Tradução Original e tradução
ParáSito

Subierón la mota, también el alcohol
Y ahora es más caro ponerse un pasón

Que le pasa muchacho, sigue borracho
Le apesta el hocico, hueles bien gacho
Gastas tu tiempo, todo tu dinero
Estás en la ruina por andar de culero
Todos trabajan y tu estás durmiendo
Y esperas la noche para estar bebiendo
Mientras invitas a todos las copas
Todas las chiquitas se quitan sus ropas
Su vieja me dijó que le eche la mano
Que no tiene chamba, tampoco su hermano
Óigame mi compa no la haga de pedo
Le digo las cosas y sigue de necio

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Tranquilo mi hermano, no te pongas nervioso
Si no se te para fue por encajoso
No te preocupes que ya hay medicina
Si no se te quita te ponen vagina
Me pides prestado, me pagas mañana
Si no tiene varo me presta a su hermana
Tiene una deuda que debe millones
Tendrá que bajarse los pantalones
Óigame mi compa, ya está muy jodido
Yo quiero ayudarle pero no he podido
Metiste la pata donde no debías
Perdiste lo que tenías

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Dicen que por la noches, no más se le iba en puro chupar
Dicen que no dormía, no más fumaba para aguantar

Ya ves, ya son las diez, como la ves? Listo pa la fiesta otravez
Si quieres yo me quedo, si quieres yo me quedo, para cuidar a tumujer

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Hey ya, ya tranquilo man, hey ya, ya tranquilo man

Hey ya, ya tranquilo man, hey ya, ya tranquilo man

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

Hey ya, ya tranquilo man (pinche huevón)
Eres un pará, un parásito

ParáSito

Escalou o montículo, também álcool
E é agora mais caro para colocar em uma paixão

O que há de errado menino, ainda bêbado
Chupa o focinho, você cheira bem desleixo
Gastar o seu tempo, seu dinheiro
Está fadado a ser um imbecil
Todo o seu trabalho e você está dormindo
E esperar a noite para beber
Enquanto convida todas as taças
Todas as meninas tiram suas roupas
Eu disse a sua velha para te encher de porradas
Não tem acanhe, não seu irmão
Ouça-me e não se faça de desentendido
Eu digo coisas e continua a enganar

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Paz meu irmão, não fique nervoso
Se não fosse para você encaixotar
Não se preocupe que há remédio
Se você não remover, você colocar vagina
Me peça emprestado, me pague amanhã
Se não farei me emprestar a sua irmã
Tem uma dívida de milhões
Tem que abaixar suas calças
Me ouça meu amigo, você está muito fodido
Eu quero ajudar, mas eu não podia
Coloquei a mão onde não deveria
Perdestes o que tinha

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Dizem que a noite não ia mais chupar
Dizem que dormiu não mais aguentava fumar

Já vê, são dez horas, como você vê isso? Pronto para a festa novamente
Se eu quiser eu fico, se eu quiser eu fico, para cuidar de sua esposa

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Hey ya, o homem quieto, hey ya, homem quieto

Hey ya, o homem quieto, hey ya, homem quieto

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Hey ya, homem calmo (babaca)
Es um parágrafo, um parasita

Composição: Francisco Paco Ayala
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Molotov

Ver todas as músicas de Molotov