Gimme Tha Power

Molotov

Original Tradução Original e tradução
Gimme Tha Power

La policía te está extorsionando (dinero)
Pero ellos viven de lo que tú estás pagando
Y si te tratan como a un delincuente (ladrón)
No es tu culpa, dale gracias al regente

Hay que arrancar el problema de raíz
Y cambiar al gobierno de nuestro país
A la gente que está en la burocracia
A esa gente que le gustan las migajas

Yo por eso me quejo y me quejo
Porque aquí es donde vivo
Y yo ya no soy un pendejo

¿Qué no wachas los puestos del gobierno?
Hay personas que se están enriqueciendo
Gente que vive en la pobreza
Nadie hace nada
Porque a nadie le interesa

Es la gente de arriba te detesta
Hay más gente que quiere
Que caigan sus cabezas
Si le das más poder al poder
Más duro te van a venir a coger

Porque fuimos potencia mundial
Somos pobres
Nos manejan mal

Dame, dame, dame, dame todo el power
Para que te demos en la madre
Gimme, gimme, gimme, gimme todo el poder
So I can come around to joder
Dame, dame, dame, dame todo el power
Para que te demos en la madre
Gimme, gimme, gimme, gimme todo el poder
So I can come around to joder
Dámele, dámele, dámele, dámele todo el poder
Dámele, dámele, dámele, dámele todo el power

(Así es puto!
Fuck you puto baboso!)

Porque no nacimos donde no hay que comer
No hay porque preguntarnos como le vamos a hacer
Si nos pintan como unos huevones
No lo somos
¡Viva México, cabrones!

Que se sienta el power mexicano
Que se sienta, todos juntos como hermanos
Porque somos más, jalamos más parejo
¿Por qué estar siguiendo a una bola de pendejos?
Que nos llevan por donde les conviene
Y es nuestro sudor lo que los mantiene
Los mantiene comiendo pan caliente
Ese pan, es el pan de nuestra gente

Dame, dame, dame, dame todo el power
Para que te demos en la madre
Gimme, gimme, gimme, gimme todo el poder
So I can come around to joder
Dame, dame, dame, dame todo el power
Para que te demos en la madre
Gimme, gimme, gimme, gimme todo el poder
So I can come around to joder
Dame, dame, dame, dame el poder (¿cómo?)
Dame, dame, dame, dame todo el power
Dame, dame, dame, dame el poder (¿cómo?)
Dame, dame, dame, dame todo el power

¡El pueblo unido jamás será vencido!
¡El tito y el huidos, jamás serán vencidos!

Dame, dame, dame, dame el poder
Dame, dame, dame, dame todo el power

Dê-me o Poder

A polícia está extorquindo (dinheiro)
Mas eles vivem da grana você está pagando
E se eles te tratam como um delinquente (ladrão)
Não é tua culpa, dê graças a quem governa

Tem que acabar com o problema na raiz
E temos mudar o governo de nosso país
As pessoas que estão na burocracia
Para aquelas pessoas que gostam de migalhas

E por isso que eu reclamo e protesto
Porque é aqui onde eu vivo
E eu já não sou um idiota

O que você vê nos cargos do governo?
Existe muitas pessoas que estão enriquecendo
Pessoas que vivem na pobreza
Ninguém faz nada
Porque isso não interessa pra ninguém

São essas pessoas que estão no poder que tu detesta
Há mais gente que quer ver
As cabeças deles caindo
Se dão mais poder ao poder
O mais difícil estar por vir

Porque fomos potência mundial?
Somos pobres?
Eles nos governam mal!

Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Para que possamos nos vingar
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Então eu posso chegar e mandar a real
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Para que possamos nos vingar
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Então eu posso chegar e mandar a real
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder

Isso é foda
Foda-se você, babacão!

Por que não nascemos a onde tem o que comer?
Não há necessidade de perguntar como vamos fazer isso
Se eles pensam que somos idiotas
Não somos
Viva ao México, seus otários!

Que sintam o poder mexicano
Que sintam, todos juntos como irmãos
Porque somos mais
Por que você está seguindo um bando de idiotas?
Que nos levam pra onde eles querem
E é o nosso suor que os mantém
Os mantem comendo um pão quente
Esse pão, que é do nosso povo

Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Para que possamos nos vingar
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Então eu posso chegar e mandar a real
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Para que possamos nos vingar
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Então eu posso chegar e mandar a real
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder (como?)
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder (como?)
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o poder

O povo unido jamais será vencido!
O Tito e Huidos, jamais serão vencidos!

Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me o poder
Dê-me, dê-me, dê-me, dê-me todo o pode

Composição: Miguel Angel Huidobro Preciado
Legendado por Lucas. Revisões por 8 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Molotov

Ver todas as músicas de Molotov