Que Loucura!

Metrô

Que fato absurdo
Ter que viver calado
Sempre na tensão
Já não agüento
Silêncios intensos, vícios
Sempre a vencer
Se calar é tão fácil
Que eu não posso mais
Devo... deixar... isso... tudo?
Que loucura!
Saia do seu instante
Se quiser mudar
Que loucura!
Nada vem do ar

A coisa é tão simples
Que só você não percebe
Tenho que falar

Abra seu jogo
Relaxe seu ego, assuma
Se quiser amar


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Metrô

Ver todas as músicas de Metrô