The Frayed Ends Of Sanity

Metallica

Original Tradução Original e tradução
The Frayed Ends Of Sanity

Never hunger
Never prosper
I haven fallen prey to failure
Struggle within
Triggered again
Now the candle burns at both ends

Twisting under schizophrenia
Falling deep into dementia

Old habits reappear
Fighting the fear of fear
Growing conspiracy
Everyone's after me
Frayed ends of sanity
Hear them calling
Hear them calling me

Birth of terror
Death of much more
I'm the slave of fear, my captor
Never warnings
Spreading its wings
As I wait for the horror she brings

Loss of interest, question, wonder
Waves of fear they pull me under

Old habits reappear
Fighting the fear of fear
Growing conspiracy
Everyone's after me
Frayed ends of sanity
Hear them calling
Hear them calling me

Into ruin
I am sinking
Hostage of this nameless feeling
Hell is set free
Flooded I'll be
Feel the undertow inside me

Height, Hell, Time, Haste, Terror, Tension
Life, Death, Want, Waste, Mass Depression

Old habits reappear
Fighting the fear of fear
Growing conspiracy
Myself is after me
Frayed ends of sanity
Hear them calling
Frayed ends of sanity
Hear them calling
Hear them calling me

Últimos Resquícios de Sanidade

Nunca faminto
Nunca próspero
Eu tenho caído, vítima da falha
Confroto interno
Acionado novamente
Agora a vela queima em ambas extremidades

Distorcido pela esquizofrenia
Caindo fundo na demência

Velhos hábitos reaparecem
Combatendo o medo do medo
Conspiração crescente
Todos estão me perseguindo
Últimos resquícios de sanidade
Ouço-os chamar
Ouço-os me chamando

Nascimento do terror
Morte de muitos mais
Sou escravo do medo, meu captor
Nunca avisando
Abrindo suas asas
Enquanto espero pelo horror que ela traz

Perda de interesse, dúvida, pergunta
Ondas de medo me puxam para baixo

Velhos hábitos reaparecem
Combatendo o medo do medo
Conspiração crescente
Todos estão me perseguindo
Últimos resquícios de sanidade
Ouço-os chamar
Ouço-os me chamando

Sob ruína
Eu estou afundando
Refém deste sentimento sem nome
O inferno é libertado
Serei inundado
Sinto a correnteza dentro de mim

Auge, inferno, tempo, pressa, terror, tensão
Vida, morte, desejo, desperdício, depressão em massa

Velhos hábitos reaparecem
Combatendo o medo do medo
Conspiração crescente
Eu mesmo estou me perseguindo
Últimos resquícios de sanidade
Ouço os chamar
Últimos resquícios de sanidade
Ouço os chamar
Ouço os me chamar

Composição: James Hetfield / Kirk Hammett / Lars Ulrich
Revisões por 8 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Metallica

Ver todas as músicas de Metallica