Relicário

Menestrel

Procuram no mapa, mas sei que eles não me acharam
Contaram pra mim o que os santos não contaram
Beberam do meu copo e jogaram o resto no ralo
Eu ralei pra caralho, não foi fácil como falam

Na esquina da minha rua tem um bar
Eu não precisava ter ódio do estabelecimento
Eu sei até o que vocês vão perguntar
Não tomei ódio da cachaça, só de ver meu pai bebendo

Com quinze eu sucumbi pro vício
Igual a ele, o que mata nós dois é levar droga de refúgio
Existe saudade no fundo do copo dele
Na ponta do meu cigarro tem angústias do mundo

Posso ser trouxa como falam
Mas a saudade de casa é o que move minha vontade
É, eu vou trabalhar dobrado
Enquanto minha mãe não tiver grana e precisar do magistrado

Mais que linhas ao vento
Meu cabelo mostra minha condição
Como a mim, troca de cor representa a depressão
Representa o ódio e a minha vontade de mudar
A fé de me transformar, sou só um servo

Reflexos de uma vida noturna
Compor minhas letras acalma meu lado cego
Elas são minha sessão de acupuntura
Que as agulhas são minhas lágrimas que furam cada verso ou cada gesto

E cada sexo que eu fiz com minha insônia
Me tornou mais lunático e vi que a sina era sofrer
A solidão abençoou minha paciência
Acabou com meu orgulho e com a vontade de morrer

Eu precisei do choque, fui eletrocutado
Eu perdi minha mina, eu fui pra outro estado
Eu me casei com o rap, meus irmão me abraçaram
Só o Malak e o Slim vão ter a chave do meu carro

Eu vivi poetas no topo
Agora cês acham até que eu sou famoso
Quem me conhece sabe, não lavo o prato do almoço
Eu continuo desleixado, mas eu não largo esse osso

Quero viver de rima, se pá, pagar minhas conta
Viajar pro nordeste lá o mar não tem onda
Morar no alto da Boa Vista é muito pro sonho
Essa não tem punchline, o react é por tua conta
Sauce

Mais que linhas ao vento
Meu cabelo mostra minha condição
Como a mim troca de cor representa a depressão
Representa o ódio e a minha vontade de mudar
A fé de me transformar sou só um servo

Mais que linhas ao vento
(Reflexos de uma vida noturna)
Meu cabelo mostra minha condição
(Compor minhas letras acalma meu lado cego
Elas são minha sessão de acupuntura)
Como a mim troca de cor representa a depressão
(Que as agulhas são minhas lágrimas que furam cada verso ou cada gesto)
(Reflexos de uma vida noturna)
Representa o ódio e a minha vontade de mudar
(Compor minhas letras acalma meu lado cego
Elas são minha sessão de acupuntura)
A fé de me transformar sou só um servo
(Que as agulhas são minhas lágrimas que furam cada verso ou cada gesto)

Enviada por Wesley. Legendado por Flow. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog