Um Leão Por Dia

Medulla

Querem nos separar
Querem nos dividir
Querem nos separar
Mas não vão conseguir
Ocupar, resistir, ocupar

Era tanta saudade, magma
Tanta ansiedade, pólvora
Necessidade desejo, necessidade vontade
Era tanta maldade a desviar
Desafiador ser a caça no dia do caçador

Um leão por dia, sob o Sol que ardia

Se não entende, não
Se não entende, cê não sente
Se cê não sente, não
Se cê não sente, não entende

Querem nos separar
Querem nos dividir
Querem nos separar
Mas não vão conseguir
Ocupar, resistir, ocupar

Mulher que nunca teve nada, nada
Um sorriso muda tudo
Pretos e pobres, mulheres e trans (morrem)
Menores de prata nos trens (correm)
E toda a nossa gente que o governo mata
Na minha boca tem a sede que sua boca mata

Um leão por dia, sob o Sol que ardia

Se não entende, não
Se não entende, cê não sente
Se cê não sente, não
Se cê não sente, não entende

Enviada por Angela. Legendado por Cinox. Revisão por Cinox.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Medulla

Ver todas as músicas de Medulla