Jogo Virou (part. Mcs Pqd, Smith e Orelha)

MC Marcelly

[MC PQD]
Respeito nóis conquistou com o tempo
Fazendo o que uns sonham mas não vivem
Pretinho do morro tá na mídia
Um dos cara mais top da elite
E no morro também considerado
Pela luta diária e humildade
Fez seu corre com sabedoria
Desfrutando com sagacidade
Não existe intervalo pra quem quer
Minha paz é mantida no progresso
Tô parado pensando e arquitetando

Na visão de fazer sucesso
Uns diziam que eu era louco
Muita fé pra essa minha loucura
Minha fé no Deus vivo tá de pé
Quem tava de deboche segura
O dinheiro veio naturalmente
Só fazendo o que eu sempre sonhei
Quantas noites virei madrugadas
Pra chegar aonde cheguei

Já meti a mão no tempo ruim
Fiz o que era certo pro momento
Já chorei por morte de amigos
Sofri quando caí lá dentro
Mergulhei pra dentro do problema
Mesmo sendo o problema em pessoa
Veio na direção é metal
Correu pra cima aço voa
Esperança da noite cair bem
Desfrutar com a família fé amém
Hoje tô pra contar minha história
Muitos não se deram bem

Ô mais um jogo que a favela virou
Ô mais um jogo que a favela virou

[MC Smith]
Me esquivando das covardias
Nocauteando os covardes
Pego minha visão de cria
Transformo em oportunidades
E pra nóis que veio do morrão
Não tem outro resultado possível
Não tem outra opção
Ou vence ou tá fudido
Levo minhas metas no peito
Sem depender de alguém
Ando sozinho mas não sustento

Falsidade de ninguém
É foda achar alguém de verdade
No meio de tanta mentira
Pra somar hoje é raridade
Pra diminuir tem até fila
A vida te ensina a ser ruim
Mesmo você querendo ser bom
Os ingratos te fazem aprender
Que papo de futuro não é pra vacilão pegou?
No dia a dia da favela meu coroa sempre dizia isso
Coração bom demais é prejuízo
Sangue bom demais vira chouriço

Ô mais um jogo que a favela virou
Ô mais um jogo que a favela virou

[MC Orelha]
Rola a bola pro menor que ele entende
A jogada começa na mente
Deu uma caneta na dificuldade
Relatando e escrevendo a verdade
Favelado sonhador
Jogador que surpreende improvisa
Que sabe que não adianta só suar
Tem que honrar a camisa
Tô ligado que o tempo é dinheiro
Isso deixa nossa vida cara
Antes de pensar em parar primeiro
Lembre-se que o tempo nunca para
Passarinho que acorda cedo
Bebe a água mais limpa
Nossas escolhas ditam o enredo
A vida é um eterno par ou ímpar

Ô mais um jogo que a favela virou
Ô mais um jogo que a favela virou

[MC Marcelly]
Minha munição é o papo reto
Dou tiro no estúdio o dia inteiro
Perco a minha vida mas ganho meu sonho
É assim pra quem não nasceu herdeiro
Mó tempo que nóis tá aí
Com muita fé eu vou seguir
Paz terrível eu sigo sorrindo
Mas se quer caô nóis tá aí
Se é problema nóis bate de frente
Aprendi a só temer a Deus
Nada me abala só me fortalece
Eu sei que Deus sempre cuida dos seus
Errei aprendi com meus erros
Hoje só boto a mão aonde eu posso
Aprendi que no fim nós só perde aquilo
Que realmente nunca foi nosso

Se custa a minha paz tá muito caro
E hoje é só ela que me importa
Falador fala demais
Só que só tem coragem de falar pelas costa
Um monte não merece a bondade
Que eu tenho dentro do meu peito
Mas sigo pura porque a minha meta
É descobrir o melhor de mim mesma
Consciência limpa ninguém compra
Não acredito em má influência
Acredito em caráter e tudo que você faz
Um dia vai ter consequência

Por isso que nunca desisti
Faço certo brabão de achar um erro
Sou muito bem ciente do que eu planto
Por isso aqui é sem desespero
Deus não deixa ninguém lutar em vão
Nosso jogo virou nóis tá fortão
O que era lágrimas virou sorriso
Sustento família com meu som
Que canto com a mente e o coração
E a caneta transmite o que eu vivo
A favela virou mais um jogo que para muitos estava perdido

Ô mais um jogo que a favela virou
Ô mais um jogo que a favela virou


Posts relacionados

Ver mais no Blog