Eu Peço Paz (part. MC Marks, Vulgo FK, Kawe e KayBlack)

MC Caverinha

[MC Marks]
Mais uma porta que fecha na minha cara
Mais um trampo que eu tento e não consigo
O meu tempo tá se acabando
Muitas vezes me sinto perdido
Eu olho pro céu e falo pra Deus
Que na favela é lugar de paz
Que eu também mereço ser feliz
E que todo mundo é igual
Eu sei que eu não tenho berço de ouro
Mas muitas vezes me sinto humilhado
Olho pro lado, só vejo tijolo
E uma pá de pobre abandonado

Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz, yeah
Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz, yeah

Tudo mudou
Quero carro importado no mеio da favela
Corrente do ouro no pеscoço das veia
Cartão sem limite pra mãe de família
Criança na escola e não na correria

Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz, yeah, ahn

Finge que nós 'tava duro
Mas no porta-luva já tinha um malote mocado
Sempre com a bebê do lado
Porque nós é muito chave de enquadro
Finge que nós 'tava duro
Mas no porta-luva já tinha um malote mocado
Sempre com a bebê do lado
Porque nós é muito chave de enquadro

[Vulgo FK]
E ela sabe que eu sou diferente
Lá da Tiradentes que é minha quebrada
E eu nunca vou me esquecer da onde foi que eu vim
E hoje eu sou mais pra frente, diamante nos dente
Do perreco eu sigo é dando risada
E elas ligando pra mim
Hoje o que pesa pra mim
É ver minha molecada crescendo
Uns tempo atrás não era assim
Vai que eu cansei de ver minha mãe sofrendo
O desespero bateu na minha porta
E foi cantando que encontrei solução
E nesse filme nada é de festin
Se alvejado cê não sai do chão

Finge que nós 'tava duro
Mas no porta-luva já tinha um malote mocado
Sempre com a bebê do lado
Porque nós é muito chave de enquadro
Hoje o som da Horneteira
Avisa a quebrada que o Vulgo FK chegou
Me emociona ver a favela me olhando com amor

Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz, yeah
Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz, yeah

[Kawe]
Ei, mãe, lembra quando eu te falei, né?
Quando eu era só um menor ralé
Que cê não ia mais andar a pé, ahn-ahn
Irmão, seus conselhos me trouxeram aqui
Você que me ensinou a dividir
E com pouco já me fez sorrir, ih
Pai, você é meu herói sem capa
Meu jogador preferido
Vulgo meu melhor amigo, é minha paz
E a visão que eu peguei lá nos beco da vila
Hoje transformo em letra em cima da batida
Os cria grita quando vê no palco
Os menor destruindo enquanto o olho brilha
Espero que lá de cima alguém escute minhas rimas
E que sinta o orgulho que meus pais sente daqui

Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz, yeah
Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz

[Kayblack]
Até quando o sistema vai manipulando?
Os impostos só vem aumentando
E a taxa de mortalidade pela cor da pele só multiplicando
Os de farda só vive atuando
Cheiro e mato, bom samaritano
Mas pra sempre vai passar batido
Perante essa mídia que só passa pano
Eu peço paz
Ver a favela sorrir, cama pra dormir, na telha não chove mais
Eu vou atrás
Depois que tudo que eu vivi, tudo que eu ouvi, pra provar que eu sou capaz

Ih, finge que nós 'tava duro
Mas no porta-luva já tinha um malote mocado
Sempre com a bebê do lado
Porque nós é muito chave de enquadro
Finge que nós 'tava duro
Mas no porta-luva já tinha um malote mocado
Sempre com a bebê do lado
Porque nós é muito chave de enquadro

[MC Caveirinha]
Eu peço paz e proteção
Que Deus olhe pelo meu coração
Com fé e força eu ainda luto
Unhas e dentes pelo que é bom
Quando eu andava um caminho estreito
Eu muito novo não entendia nada
Eu em dia com o papel e a caneta
Eu decidido nas minhas palavra
Daria um filme
Uma nega e uma criança nos braço
Sobrevivendo em meio à capital
Mas com fé inabalável
Rogando ao Senhor pra livrar de todo mal
Minha vitória exala esperança
Inspira, mostra que a gente é capaz
Pela família, pela quebrada
Eu só peço paz

Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz, yeah
Ai, ai, ai, ai, uh, uh, uh, uh
Eu peço paz

Enviada por Júnior. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog