LETRAS.MUS.BR - Letras de músicas

Mi Mala

Mau y Ricky

Mi Mala

Si si
Si si

Quién iba a pensar que con la misma lengua
Estarías tocando timbre en otra puerta
Quién iba a pensar que con tu billetera
Estarías comprando pan en otra tienda
No es mi asunto lo que tu haga por la calle
A mí me gustan mala

Si tu no me quieres
Si tu no me ama’
Dejemo’ la cosa clara
Yo tampoco busco amor contigo contigo

Si tu no me quieres
Si tu no me ama’
Dejemo’ la vaina clara
Yo tampoco busco amor contigo contigo
Mi mala!

Se que no eres sola pa’ mi pa’ mi pa’ mi
Y yo no soy solo pa’ ti pa’ ti pa’ ti
Pero nos tenemos ahí ahí ahí, ahí ahí ahí, ahí ahí ahí

No me esperes que no sé si llego
Yo llego si me da la gana
Vos y yo dejamos claro el juego
Vos mi malo y yo tu mala

Hay unos días que ando loca por ti
Te veo y quiero todo lo que traes ahí
Y luego ya no quiero nada así
Yo soy así, así

Tu no lo puedes parar
Cada mañana quieres más y más
No me puedes evitar
Yo soy tu mala

Si tu no me quieres
Si tu no me ama’
Dejemo’ la cosa clara
Yo tampoco busco amor contigo, contigo

Yeah!
Si tu no me quieres
Si tu no me amas
Dejemos las vainas clara
Yo tampoco busco amor contigo contigo
Mi mala!

Se que no eres sola pa’ mi pa’ mi pa’ mi
Y yo no soy solo pa’ ti pa’ ti pa’ ti
Pero nos tenemos ahí ahí ahí, ahí ahí ahí, ahí ahí ahí

Se que no eres sola pa’ mi pa’ mi pa’ mi
Y yo no soy solo pa’ ti pa’ ti pa’ ti
Pero nos tenemos ahí ahí ahí, ahí ahí ahí, ahí ahí ahí

Si los celos y la rabia contaminan
Nos bañamos con jabón y se nos quita
No hay invento, ni secreto, ni mentira
Que los dos comemos de otra cucharita
Y luego por la mañana estamos como si nada
No es tu asunto lo que yo haga por la calle
A ti te gusto mala

Tú me dices que soy tu mala
Te quedas mirándome a solas y no me hablas
Porque que te gusta que en la noche
Sea tu cuerpo quien me habla y quien me toque

Me acuesto y la noche es fría
Y la cama está vacía
Mientras me repites al oído eres mía
Y yo quiero, quiero, quiero
Pero esto no es amor, ni entretenimiento
Es como una cosa que queda en el medio
Cuando quiero, quieres
Cuando quieras, quiero
Y si tú, y si tú
Si tu no me quieres
Si tu no me ama’
Dejemo’ la cosa clara
Yo tampoco busco amor contigo, contigo

Si tu no me quieres
Si tu no me ama’
Dejemo’ la vaina clara
Yo tampoco busco amor contigo, contigo
Mi mala!

Se que no eres sola pa’ mi pa’ mi pa’ mi
Y yo no soy solo pa’ ti pa’ ti pa’ ti
Pero nos tenemos ahí ahí ahí, ahí ahí ahí, ahí ahí ahí

Se que no eres sola pa’ mi pa’ mi pa’ mi
Y yo no soy solo pa’ ti pa’ ti pa’ ti
Pero nos tenemos ahí ahí ahí, ahí ahí ahí, ahí ahí ahí

Hmm
No soy solo pa’ ti mi amor
Pero aquí me tienes mami
Yeah yeah
Ahhhh
No soy solo pa' ti mi amor
Pero a quién entiende' mami
Tu eres mi mala
(Cómeme la boca mala mala)
Ay como me gusta mi mala
(Cómeme la boca mala mala)
(Cómeme la boca mala mala)

Minha Malvada

Sim sim
Sim sim

Quem ia pensar que com a mesma língua
Eu estaria tocando campainha em outra porta
Quem ia pensar que com a sua carteira
Eu estaria comprando pão em outra loja
Não é da minha conta o que você faz na rua
Eu gosto das malvadas

Se você não me quer
Se você não me ama
Deixemos uma coisa clara
Eu tampouco busco amor contigo, contigo

Se você não me quer
Se você não me ama
Deixemos uma coisa clara
Eu tampouco busco amor contigo, contigo
Minha malvada!

Eu sei que você não é só para mim, para mim, para mim
E eu não sou só para você, para você, para você
Mas nos temos aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí

Não espere, pois não sei se vou
Se me der vontade, eu vou
Você e eu deixamos o jogo claro
Você é o meu malvado e eu sou a sua malvada

Já faz alguns dias que estou louca por você
Te vejo e quero tudo o que você tem pra oferecer
E então eu já não quero mais nada
Eu sou assim, assim

Você não pode detê-lo
Cada manhã você quer mais e mais
Você não pode me evitar
Eu sou sua malvada

Se você não me quer
Se você não me ama
Deixemos uma coisa clara
Eu tampouco busco amor contigo, contigo

Sim!
Se você não me quer
Se você não me ama
Deixemos as coisas claras
Eu tampouco busco amor contigo, contigo
Minha malvada

Eu sei que você não é só para mim, para mim, para mim
E eu não sou só para você, para você, para você
Mas nos temos aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí

Eu sei que você não é só para mim, para mim, para mim
E eu não sou só para você, para você, para você
Mas nos temos aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí

Se o ciúme e a raiva contaminam
Nós nos lavamos com sabão e ficamos limpos
Não há boato, nem segredo, nem mentira
Que nós dois experimentamos outra comida
E depois, pela manhã, agimos como se não fosse nada
Não é da sua conta o que eu faço na rua
Você gostou de mim malvada

Você me diz que eu sou sua malvada
Fica me olhando sozinho e não fala comigo
Porque gosta que na noite
Seja seu corpo quem me fale e me toque

Me deito e a noite está fria
E a cama está vazia
Enquanto você repete no meu ouvido, você é minha
E eu quero, quero, quero
Mas isto não é amor, nem entretenimento
É como uma coisa que fica no meio
Quando eu quero, você também quer
Quando você quer, eu também quero
E se você, e se você
Se você não me quer
Se você não me ama
Deixemos uma coisa clara
Eu tampouco busco amor contigo, contigo

Se você não me quer
Se você não me ama
Deixemos uma coisa clara
Eu tampouco busco amor contigo, contigo
Minha malvada!

Eu sei que você não é só para mim, para mim, para mim
E eu não sou só para você, para você, para você
Mas nos temos aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí

Eu sei que você não é só para mim, para mim, para mim
E eu não sou só para você, para você, para você
Mas nos temos aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí, aí

Hmm
Eu não sou só seu, meu amor
Mas estou aqui pra você, delícia
Sim, sim
Aaah
Eu não sou só seu, meu amor
Mas quem liga, delícia
Você é minha malvada
(Devora minha boca, sua malvada)
Ah, como eu gosto da minha malvada
(Devora minha boca, sua malvada)
(Devora minha boca, sua malvada)

Enviada por Maria e traduzida por Luiza. Legendado por Jessica e Caio. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog