Vampiro (part. Teto e WIU)

Matuê

[Matuê]
Yeah (vai, vai, vai)
Yeah, yeah (vai, vai, vai, luz, luz, luz)
Yeah, yeah (luz, luz, luz)

Ninguém paga minha luz, por isso que ela é minha (ei, uh)
Sou um ser de luz e ela brilha sozinha
Mais de 1000Hz no estúdio, hit nóis cozinha (hit nóis cozinha)
Quem manda é a 30, quero ver subir, subir lá (yeah, yeah)

Kunk na mochila, é hidro (hidro)
Pode ser Noronha ou Jeri, eu prefiro, pluh (pow, pow)
Glock, te dou um novo umbigo (pow, pow, pow, pow)
Difícil memo é não sair ferido
Loirinha gostosa do cabelo longo
Que anda de long e que ouve 1Kilo (vem ni mim)
Cola na Baia, a gente solta arraia
Eu te mostro como se namora um vampiro (vam-pi-ro)
Baixa essa mão que eu não sou teu amigo
Vacilação não cola mais comigo (co-mi-go)
Por onde eu ando, eu sempre tô tranquilo (sim)
Elas me recebendo com sorriso (ei)
Meu som grudou na pista, é um adesivo
E tacar fogo na baga é digestivo (yeah)
Tô pouco me fudendo mesmo (wow, wow)
Todo mundo fudendo comigo

Ninguém paga minha luz, por isso que ela é minha (ei, uh)
Sou um ser de luz e ela brilha sozinha
Mais de 1000Hz no estúdio, hit nóis cozinha (hit nóis cozinha)
Quem manda é a 30, quero ver subir, subir lá
Quero ver subir onde eu subi

[Teto]
(No cap, no cap)
Sigo firme e forte, viro um foco no holofote fazendo esse cifrão (oh)
Hoje meu som bate forte na casa de show, esquentando o coração (ahn)
Pode ser que o meu jeito vampiro te deixou com um pouco de tesão (tesão)
Posso beijar seu pescoço, mas essa nunca foi a minha intenção (huh)
Por isso, tem coisas que só tempo vai dizer (huh)
Tenho a peça na gaveta esperando você (pew-pew)
Morena jambo do cabelo longo
Vem morar num castelo e casar comigo
Tava lá fora derramando sangue
Hoje minha morcega não corre perigo (ah, ah, ah)
Ê, ê, ê, de tudo pode acontecer (ê, ê)
Mas eu quero pagar pra ver (ê, ê)
Por trás de um conto de fadas
Sempre tem uma história que acaba infeliz
Provei esse doce veneno
Que desceu queimando, deixou uma cicatriz
Memórias de um passado faz minha lágrima cair sobre esse chão de giz (ah, ah)
De giz, giz, giz, giz, de giz
De giz, de giz

[Matuê]
Envelheci igual vinho tinto
Agora sim que eu tô lindo
Pique lindão, lindão
Espírito rico, ei, yeah
Mas resumindo
E a energia nunca cai (não, não)
E a gente viaja demais
Já tem muito tempo que a 30 comanda (muito tempo)
Ainda querem me dizer como é que faz
Não dá pra dizer nada
Ainda querem me dizer como é que faz
Melhor ficar calada
Ainda querem me dizer como é que faz

[WIU]
Sempre que eu tô na onda, a noite vira dia (ih, ih)
À luz da Lua cheia, ela fica tão linda (uh, uh, uh)
Foi mais forte que eu (ah, ah)
Não deu pra me esquivar
Na Lua cheia
Mata a sede, é só vim me chupar
Passei o dia pensando nessa vampira
O que tem no fundo daquele olho azul? (Yeah, yeah)
Me hipnotiza, faz que nem Medusa
Ela quer minha alma, meu beck e minha blusa (ah, ah, ah)
Mas eu uso óculos no show, então nem vai dar
Num possante da cor dum morcego
Não dá pra me pegar (huh)

[Matuê]
Ninguém paga minha luz, por isso que ela é minha (ei, uh)
Sou um ser de luz e ela brilha sozinha
Mais de 1000Hz no estúdio, hit nóis cozinha (hit nóis cozinha)
Quem manda é a 30, quero ver subir, subir lá
Quero ver subir onde eu subi

[Todos]
Yeah (no cap, no cap)
Yeah, yeah (luz, luz, luz, no cap, no cap)
Yeah (woo)
Yeah, yeah (luz, luz, luz)
(Ha, ha) luz, luz, luz

Composição: Fernospazzin / Teto / Matuê / Wiu
Enviada por Matheus. Legendado por Dimitria. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Matuê

Ver todas as músicas de Matuê