Pregadores de Rosas

Marta Valeria

Tu que pregaste as rosas
E não mostraste os espinhos
Quando vieram as provas
Oh! Cristão deixa o caminho
Quem sai em busca de flores
Onde não tem
Acaba encontrando as dores
E os espinhos também

Pregadores de rosas preguem
Os espinhos também
Preguem que Deus é amor
Deus é amor, mas é justiça também
Porque a fé sem as obras pra Deus
Nenhum valor ela tem

Não preguem facilidade
Para o caminho do céu
Se não houver santidade
O cristão jamais verá Deus

Pastor que usa cajado
Ao conduzir as ovelhas
Será bem recompensado
Quando ao senhor devolvê-las

Vendo as ovelhas formosas
Sem carrapichos nas mãos
Terás palmas gloriosas
Do aprisco de Canaã


Posts relacionados

Ver mais no Blog