Caminho de Emaús

Marsena

O sol se põe, a noite vem
E não há como deter o meu cansaço
Minha jornada
Minha alma ainda está angustiada
Sem esperança

Não te conheço, mas lhe peço
Vem comigo se faz tarde
Mas no momento em que partiu o pão
Dirigiu ao pai em oração
O reconheci

Agora eu sei
Minha alma reconhece que és tu
Minha alma tem certeza que és tu
Jesus

Você estava o tempo todo ali
Meu companheiro de jornada
Como ardia o meu coração
Só de tê-lo ali me alegrei

Como eu pude ser tão néscio assim
Ao ponto de não poder notá-lo
Eu que pensei que havia perdido a ti
Mas noto que ainda vive em mim

Agora eu sei
Porque tuas palavras queimavam em meu coração
Porque o teu olhar era tão familiar

Já não lembro se eu te encontrei
Mas no caminho a sua voz me acalmou me fez bem
Acalmou me fez bem


Posts relacionados

Ver mais no Blog