Essa Saudade

Marquinhos da Serrinha

Se essa saudade não doesse tanto assim
Se a solidão aliviasse o sofrimento meu
Se o reencontro não trouxesse a dor do fim
Se eu pudesse esquecer que já me esqueceu

Se um novo amor aparecesse de repente
Se um dia a gente se encontrasse e eu não sofresse mais
Se eu sem você não me sentisse tão carente
Eu poderia dizer que já vivi em paz

Mas não, essa saudade toda noite me tortura
Um novo amor que seria a minha cura
Não vai surgir sem tu sair do meu coração

Mas não, quem ama só perde o sentido do viver
Ninguém obriga um outro alguém a lhe querer
Pensei que fosse lhe esquecer mas não

Se de você eu não sentisse mais ciúmes
Se seu perfume não ficasse na minha memória
Se viver longe de você fosse costume
E as canções não parecessem com a nossa história

Se toda noite que deitasse adormecesse
E nem a lua aparecesse para lembrar nós dois
Se todo sonho que eu sonhasse acontecesse
E eu não sonhasse no começo para acordar depois

Mas não, essa saudade toda noite me tortura
Um novo amor que seria a minha cura
Não vai surgir sem tu sair do meu coração

Mas não, quem ama só perde o sentido do viver
Ninguém obriga um outro alguém a lhe querer
Pensei que fosse lhe esquecer mas não

Sonhei com você me chamando
No sonho você sorria
Como quem pra mim dizia
Que ainda está me esperando

Acordei te procurando e sorri de felicidade
E por não ser realidade chorei por cima do riso
Quando mais de ti preciso mais sinto a dor da saudade

Composição: Marquinho da Serrinha
Enviada por maxsuel.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marquinhos da Serrinha

Ver todas as músicas de Marquinhos da Serrinha