Gold

MARINA

Original Tradução Original e tradução
Gold

You've got it in the palm of your hands
It's slipping through your fingers
Like sand
'Cause they don't understand
Who you are
Doesn't matter long as I am your
Star, star

Yeah, I know that I need the gold
But what I love can't be bought or sold

Don't think I want what I used to want
Don't think I need what I used to need
Don't think I want what I used to want
Don't think I see what I used to see

I've been waiting, waiting
For the penny to drop
I've been working, working
To get back what I lost
But whatever happens I'll be okay
'Cause fortunes running outta my veins

You can't take away the Midas touch
So you better make way
For a Greek gold rush

Don't think I want what I used to want
Don't think I need what I used to need
Don't think I want what I used to want
Don't think I see what I used to see
In El Dorado, your gold
To Colorado can't be bought or sold

Now, there's no moral to this story
But I can hear my freedom calling me
Calling me

I don't care that everybody knows
I'm a million dollars in a hole
I don't care that everybody knows
Baby, I don't even want your gold
From El Dorado, your gold
To Colorado can't be bought or sold

Rush gold
Rush gold
Free, I am free

Ouro

Você o tem na palma das suas mãos
Está escorrendo através de seus dedos
Como areia
Porque eles não entendem
Quem você é
Não importa contando que eu seja sua
Estrela, estrela

É, eu sei que preciso de ouro
Mas o que eu quero não pode ser comprado ou vendido

Não acho que eu quero o que eu costumava querer
Não acho que eu preciso o que eu costumava precisar
Não acho que eu quero o que eu costumava querer
Não acho que eu vejo o que eu costumava ver

Estive esperando, esperando
O último centavo cair
Estive trabalhando, trabalhando
Para ter de volta o que eu perdi
Mas o que quer que aconteça, eu vou ficar bem
Porque fortunas estão saindo das minhas veias

Você não pode tirar o meu toque de Midas
Então, é melhor você fazer o seu próprio caminho
Para uma corrida do ouro grego

Não acho que eu quero o que eu costumava querer
Não acho que eu preciso o que eu costumava precisar
Não acho que eu quero o que eu costumava querer
Não acho que eu vejo o que eu costumava ver
Em El Dorado, seu ouro
Até Colorado não pode ser comprado ou vendido

Agora, não há moral pra essa história
Mas eu posso escutar minha liberdade me chamando
Me chamando

Não acho que eu quero o que eu costumava querer
Não acho que eu preciso o que eu costumava precisar
Não acho que eu quero o que eu costumava querer
Querido, eu nem quero seu ouro
Em El Dorado, seu ouro
Até Colorado não pode ser comprado ou vendido

Corrida do ouro
Corrida do ouro
Livre, eu sou livre

Enviada por Marcela e traduzida por Diago. Legendado por Pablo e Thiago. Revisões por 9 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog