Iceberg

Marilia Medalha

É uma solidão inconsolável
Como as rochas que destoa das outras
Como se usasse galochas

E do abismo doido de onde se ergue
Mostra quase nada
Com qualquer iceberg
Meu peito se orgulha dela
Que nem um castelo presa seu fantasma
Com seu vestido amarelo
Ela me assalta a noite disfarçada em asma

Então eu a embriago
Com o melhor da minha falsidade
E a envolvo em cinismo
Nas canções da mocidade
Me deixo assim obstinado com os rios
Correndo os dedos pelos cabelos sombrios
E não durmo e não como e não abro a porta
Nem atendo o telefone
Eu tenho muito medo
Que ela me abandone
Que ela também me abandone

E uma solidão inconsolável

Composição: Aldir Blac / Sueli Costa
Enviada por Helio. Legendado por Helio.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marilia Medalha

Ver todas as músicas de Marilia Medalha