se a tua mão não me afaga
a minha mão, adaga
se teu coração não me deseja
o meu lateja
me trate como eu mereço
me enfarte sem que eu peça
me afague pra que eu cresça
esqueça da minha febre
me guarde louça para que eu não quebre
minha alma se fecha quando não te acha
as flores ressecam
viram dia noite escura
se você some de casa
me trate com eu mereço
me enfarte sem que eu peça
me afague pra que eu cresça
esqueça da minha febre
me guarde louça para que eu não quebre

se a tua mão não me afaga
a minha mão, adaga
se teu coração não me deseja
o meu lateja
me trate como eu mereço
me enfarte sem que eu peça
me afague pra que eu cresça
esqueça da minha febre
me guarde louça para que eu não quebre
minha alma se fecha quando não te acha
as flores ressecam
viram dia noite escura
se você some de casa
me trate com eu mereço
me enfarte sem que eu peça
me afague pra que eu cresça
esqueça da minha febre
me guarde louça para que eu não quebre


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Margareth Menezes

Ver todas as músicas de Margareth Menezes