Servo a Todo Custo

Marcos Antonio

Nem prêmio nobel, nem juiz nem doutor. Arquiteto, ministro, desembargador
Nem mestre nem phd, excelência nem ayrá tolá, faraó, eminência
Barão, cavaleiro, vizir ou sultão; pastor, sacerdote nem frade ancião
Só a algo maior quando a Deus me entrego, sou servo
Sou servo e não tenho vergonha de ser, enquanto menor Deus maior em poder
Por dentro de mim que sou pó e sou barro, existe um tesouro tão rico e tão raro

Sou servo e ninguém, vai tirar meu direito
Em mim tem a chama, queimando no peito que me faz louvar a quem merece glória
O resto é humano é fracasso é história. Sou servo
Ninguém pode impedir, Deus eu quero te servir
Nada me faz tão feliz e tão completo, meu senhor sou servo
Por amor e gratidão, te entreguei meu coração
Não existe bem maior eu te confesso, meu senhor sou servo

Não sou monsenhor, patriarca ou primaz, rabino, exorcista pois Deus é quem faz
Seu nome é capaz de expulsar todo mal, então se ele é quem sou eu afinal
Sou servo que serve só para servir, servindo sou gente e passo a existir
Seu no serviço a Deus for fiel, irei te servir no palácio do céu

Sou servo e ninguém, vai tirar meu direito
Em mim tem a chama, queimando no peito que me faz louvar a quem merece glória
O resto é humano é fracasso é história. Sou servo
Ninguém pode impedir, Deus eu quero te servir
Nada me faz tão feliz e tão completo, meu senhor sou servo
Por amor e gratidão, te entreguei meu coração
Não existe bem maior eu te confesso, meu senhooor sou servo


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marcos Antonio

Ver todas as músicas de Marcos Antonio