Respirar

Marcos Almeida

O tamanho do mundo
Tem o peso do amor
A beleza do fruto
A doçura da flor
Está nos olhos
Encontra a boca
De quem procura
Saber amar

Um sofrer tão profundo
Dói em quem se importou
Com os tais vagabundos
Pergunto são teus filhos, Senhor
Se fecho meus olhos
Me tampo a boca
Não tenho altura
Pra respirar
Pra respirar

É por isso, compromisso
Deus eu faço com a vida
De poder ver e dizer
Bem mais perto do seu ouvido

Que é tão raro, ser tão frágil
Para ambos os lados
Que essa mesa, que é história
Onde a gente tentou criar

Um lugar bem mais calmo
Pra poder respirar
E deixa, respirar
Respirar
E deixa respirar
Respirar
E deixa respirar
Respirar
Deixa, deixa
Respirar

Composição: Marcos Almeida
Enviada por Émerson.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marcos Almeida

Ver todas as músicas de Marcos Almeida