Pendura

Marcelo Perdido

Meia hora gasta na biblioteca
Vendo gravuras velhas nas enciclopédias
Eu não lembro
Porque entrei aqui
Mas vim correndo então eu acho que fugi
De você não
Pois seria tão cliché
Melhor dizer então
Que fugia do amor que sinto
Seis cervejas dá para trançar as pernas
E eu negociando uma pendura na bodega
Eu não lembro que horas cheguei aqui
Mas já faz tempo e eu acho que dormi
Com você pois
Está tudo tão diferente entre a gente
E eu não sei lidar
Não sei lhe dar com você
Já que basta aparecer na frente
Para eu querer mudar o dia da semana
E agora minha vida é te evitar
Mas torço para que um dia a gente esbarre
Para repetir o lance de dormercer
Eu te despisto mas te queria aqui
Na biblioteca
Vendo gravuras velhas nas enciclopédias
Ou tomando uma cerveja na bodega
Enquanto você se pendura em minhas pernas


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marcelo Perdido

Ver todas as músicas de Marcelo Perdido