Ah imagine você e o fim de um cobertor
Te escapando o pé,
Te escapando amor.
Difícil responder
Daqui pra onde eu vou.

Ah te tendo segurar mas me escorre da mão
E lá se vai outra manhã
E lá se vai um ano em vão
Difícil respeitar essa situação.

E o tempo prometeu mais não parou,
Balela.
E o peito quis berrar mas acalmou,
Balela.
Devia levantar
Mas eu quis cobertor.

Ah imagine você ao lado de seu avô,
Como um momento bônus,
Como um novo domingo.

Ah imagine você nova chance em um velho amor
Perdoando os ônus
Voltando a ser amigos.

Ah imagine você sem esse cobertor
Dançando certo a vida
Sentindo o sol na pele.

Ah imagine que você agora é um cantor,
Tenta cuspir conselhos,
Tenta abrir os olhos,
Balela


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Marcelo Perdido

Ver todas as músicas de Marcelo Perdido