Sin Saber Por Qué

Manuel Medrano

Original Tradução Original e tradução

Tradução automática via Google Translate

Sin Saber Por Qué

Acompáñame a andar
De la mano por el mar
Y a la orilla de la playa
Con la luna a nuestra espalda
Te diré
Lo bella que estás
Lo mucho que me enloquece
Tu sonrisa y tu mirada

Cada vez
Cuando te siento cerca
Y no encuentro respuesta
Me pregunto por qué

¿Por qué? ¿por qué?
No puedo acercarme a esa mujer
Que me contamina de placer
De sudor y ganas de beber

Me pones tan loco cada vez
Con tu extraña forma de querer
Me cortas el aire sin saber por qué

¿Por qué? ¿por qué?
Cuando te siento cerca
Tus labios me atormentan
No lo puedo entender

Dime que tengo que hacer
Para tenerte cerca una y otra vez
Dime, dime que tengo que hacer
Para besar tus labios...

Acompáñame a andar
De la mano por el mar
Y a la orilla de la playa
Con la luna a nuestra espalda
Te diré
Lo bella que estás
Lo mucho que me enloquece
Tu sonrisa y tu mirada

Cada vez
Cuando te siento cerca
Y no encuentro respuesta
Me pregunto por qué

¿Por qué? ¿por qué?
No puedo acercarme a esa mujer
Que me contamina de placer
De sudor y ganas de beber

Me pones tan loco cada vez
Con tu extraña forma de querer
Me cortas el aire sin saber por qué

¿Por qué? ¿por qué?
Cuando te siento cerca
Tus labios me atormentan
No lo puedo entender

Dime que tengo que hacer
Para tenerte cerca una y otra vez
Dime, dime que tengo que hacer
Para besar tus labios

Sem saber por quê

Venha comigo para montar
Mão pelo mar
E na extremidade da praia
Com a lua em nossas costas
Vou te dizer
Como você é linda
O quanto isso me deixa louco
Seu sorriso e seus olhos

Cada vez
Quando eu sentir perto
E eu não encontrar uma resposta
Pergunto-me por

Por quê? Por quê?
Não consigo fazer aquela mulher
I polui prazer
Suor e desejo de beber

Você me deixa louca toda vez
Com a sua estranha forma de amar
Eu cortei o seu ar sem saber por quê

Por quê? Por quê?
Quando eu sentir perto
Seus lábios me assombrar
Eu não consigo entender

Diga-me o que tenho que fazer
Para te abraçar novamente e novamente
Diga-me o que tenho que fazer
Para beijar seus lábios

Venha comigo para montar
Mão pelo mar
E na extremidade da praia
Com a lua em nossas costas
Vou te dizer
Como você é linda
O quanto isso me deixa louco
Seu sorriso e seus olhos

Venha comigo para montar
Mão pelo mar
E na extremidade da praia
Com a lua em nossas costas
Vou te dizer
Como você é linda
O quanto isso me deixa louco
Seu sorriso e seus olhos

Cada vez
Quando eu sentir perto
E eu não encontrar uma resposta
Pergunto-me por

Por quê? Por quê?
Não consigo fazer aquela mulher
I polui prazer
Suor e desejo de beber

Você me deixa louca toda vez
Com a sua estranha forma de amar
Eu cortei o seu ar sem saber por quê

Por quê? Por quê?
Quando eu sentir perto
Seus lábios me assombrar
Eu não consigo entender

Diga-me o que tenho que fazer
Para te abraçar novamente e novamente
Diga-me o que tenho que fazer
Para beijar seus lábios

Composição: Manuel Medrano
Enviada por Cristian. Revisão por Pablo.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Manuel Medrano

Ver todas as músicas de Manuel Medrano