Porta do Teu Prédio

Maneva

Não sei se foi sincera
Quando disse apareça
Não sei se foi a Lua
Ou alguns copos de cerveja
Mas esse teu sorriso já não sai da minha cabeça

Agora eu tô a caminho e nem sei que vou falar
Não sei se já saiu
Ou se ainda está no bar
Porque é madrugada
E eu vou pra tua casa, me espera meu bem

Não dorme não
Que eu tô na porta do teu prédio
E trouxe aquele de remédio
Que é pra te recompor

Vem desce então
Que eu tô, sozinho aqui no térreo
Vem sem pressa que eu te espero
Pra te chamar de amor

Composição: Deko / TALES DE POLLI / Tércio De Polli
Enviada por Carolline.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Maneva

Ver todas as músicas de Maneva