Salmo

Maizamôr

Aquele que habita no esconderijo do altíssimo
Praga nenhuma o alcançará
Eu fiz do Senhor minha rocha, escudo e refúgio
E nenhum mal me sucederá

Me cobrirá com suas assas e assim estarei seguro
Não temerei o espanto noturno, nem flecha que voa de dia
Nem peste que anda na escuridão, ou mortandade que assole ao meio dia
Mil cairão ao meu lado, dez mil à minha direita
Somente com meus olhos eu olharei e verei

Aquele que habita no esconderijo do altíssimo
Praga nenhuma o alcançará
Eu fiz do senhor minha rocha, escudo e refúgio
E nenhum mal me sucederá

Aos seus anjos dará ordem ao meu respeito
Para que me guarde em todo o caminho que andar
Com sua destra me segurará, para que eu não tropece em pedra alguma
Pisarei o leão e a cobra, pisotearei o leão e a serpente
Eu fiz do senhor o meu abrigo e habitação

Aquele que habita no esconderijo do altíssimo
Praga nenhuma o alcançará
Eu fiz do senhor minha rocha, escudo e refúgio
E nenhum mal me sucederá

Composição: Maizamôr
Enviada por Alexandre. Legendado por Ana. Revisão por Alexandre.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Maizamôr

Ver todas as músicas de Maizamôr