Presepada (part. Marília Mendonça)

Maiara e Maraisa

(Vem cá
E se eu te dissesse
Que você tá perdendo o amor da sua vida?
Você ainda abriria mais uma?)

Pra você é só mais um rolê, só mais uma ressaca
Pra ela, outra mágoa, outro gatilho, outro trauma
Enquanto finaliza a saideira
Destrói o sonho de uma vida inteira

Você curtindo o auge dos seus trinta e poucos anos
E ela te esperando acordada, fazendo planos
Você não vai ganhar nada com isso
Não tem ninguém achando isso bonito

Cadê sua responsabilidade?
No seu lugar eu teria vergonha
Por mim, ela teria te deixado
Fazer o quê se ela te ama
Então aproveita que ela nem sonha quem você é

É hora de parar com a presepada
Respeita a sua namorada
Agarra essa mulher e casa
Agarra ela e casa

Vive numa busca incessante
Pra achar alguém interessante
Sem enxergar que ela é brilhante
Que ela é rara

É hora de parar com a presepada
Respeita a sua namorada
Agarra essa mulher e casa
Agarra ela e casa

Essa sua busca incessante
Pra achar alguém interessante
Terminaria se enxergasse
O que tem dentro de casa

Por mim, ela teria te deixado
Fazer o quê se ela te ama
Então aproveita que ela nem sonha quem você é

(Imagina ela beijando outro agora na sua frente
Doeu, né?)

Respeita a sua namorada
Agarra essa mulher e casa
Agarra ela e casa

Vive numa busca incessante
Pra achar alguém interessante
Sem enxergar que ela é brilhante
Que ela é rara

É hora de parar com a presepada
Respeita a sua namorada
Agarra essa mulher e casa
Agarra ela e casa

Essa sua busca incessante
Pra achar alguém interessante
Terminaria se enxergasse
O que tem dentro de casa

(Sabe aquela pessoa fantástica, diferente
Especial, incomparável, acima da média?
Tá aí do seu lado)

Composição: Marília Mendonça / Maraisa
Enviada por Júlia. Legendado por barbara. Revisão por barbara.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog