Moro Em Lisboa

Madredeus

Que outra cidade levantada sobre o mar
a beira-rio, acabou por se elevar
entre dois braços de água
um de sal, outro de nada
Água doce, água salgada
águas que abraçam Lisboa

É em Lisboa que o Tejo Chega ao mar
é em Lisboa que o mar azul recebe o rio
É essa brisa que nos faz
promessas de viagem
Brisa fresca que reclama
Nas nossas almas ausentes

Suave cidade
do sal do mar
Moro em Lisboa
e a tarde cai

Suave cidade
do sal do mar
Moro em Lisboa
e a tarde cai

Moro em Lisboa
Moro em Lisboa
Moro em Lisboa
e a tarde cai

Composição: Danuxa
Enviada por Guilherme. Revisão por josue.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Madredeus

Ver todas as músicas de Madredeus