Céu Da Mouraria

Madredeus

Quando Lisboa acordar
Do sono antigo que é seu,
Hei-de ser eu a cantar,
Que eu tenho um recado só meu.

Céu da Mouraria... ouve,
Vai chegar o dia novo!

E o sol, das madrugadas todas,
Névoa de um povo a sonhar,
Os teus mistérios, Lisboa,
São, as pombas que ainda há...

Composição: Pedro Ayres Ferreira Magalhães / Rodrigo Leão
Enviada por Guilherme.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Madredeus

Ver todas as músicas de Madredeus