Original Tradução Original e tradução
Branc

Oh
Alors toi t'as un gros coeur
Mais t'es un branc ça va pas l'faire
Tu vas t'faire marcher sur les pieds
Tu vas chialer ça t'apprendra
La prochaine fois
La prochaine fois
C'est toi qui attaqueras comme ça
Tu t'sentiras moins bête, moins bête
T'auras plus mal aux pieds
Ah

Mais comment tu fais pour paraître toujours aussi niais
Tu vas t'faire manger par les hyènes
Et dans leur ventre on entendra
Le gras qu't'as dans la tête chanter à tue-tête
Qu'est-ce que je fous là?
La la la la
La prochaine fois
La prochaine fois
Tu réfléchiras encore

Si ça s'trouve t'as pris cher
Quand t'étais p'tit avec ton père
Si ça s'trouve
Si ça s'trouve
T'es né comme ça et c'est tout
C'est tout
C'est tout
C'est tout
C'est tout
C'est tout
Ah ah ah ah

Combien d'fois tu t'es senti super con à des soirées
Les cheveux dans la gueule tous ces râteaux à digérer
Tu crias dans ta tête, tu criais à tue-tête
Qu'est-ce que j'fous là?
Lalalalala
La prochaine fois
La prochaine fois
Faudra s'assumer
Au moins ça t'soulagerait les pieds
La la la la la la la
La la la

Si ça s'trouve c'est ta mère
Qui t'a fait à l'envers
Si ça s'trouve
Si ça s'trouve
T'es né comme ça et c'est tout
C'est tout
C'est tout

C'est tout

Il t'faudrait un médiateur
24 heures sur 24
Qui éponge ta douleur
De ses malheureux contacts
En attendant
La prochaine fois
Tu t'prendras en main tout seul
Tu pourras faire un malheur
Malheur
Malheur
Malheur
Malheur
Malheur
Mais plus ton essence qui fait peur
La la la la la la la la

Si ça s'trouve
Si ça s'trouve
Tu pourrais encore changer
Si ça s'trouve
Si ça s'trouve
Faudrait te bouger
Si ça s'trouve c'est ton père
Si ça s'trouve c'est ta mère
C'est l'destin qui ta fait
Bon à rien
Et souviens-toi, si un jour on e marche sur les pieds
Tranquille
Tranquille
Tranquille

T'as qu'a faire un croche-pied!
Croche-pied
Croche-pied
Ahahaha
Croche-pied

Trouxa

Oh…
Então você tem um coração grande
Mas você é um trouxa, não vai rolar
Você vai deixar pisarem em você
Você vai chorar, isso vai te ensinar
Da próxima vez
Da próxima vez
É você que vai atacar assim
Você se sentirá menos idiota, menos idiota
Você não sentirá mais dor nos pés
Ah

Mas como você faz para parecer sempre tão bobo
Você vai ser devorado pelas hienas
E de seus ventres se ouvirá
A gordura na sua cabeça cantar a plenos pulmões
Que porra eu estou fazendo aqui?
La la la la la
Da próxima vez
Da próxima vez
Você refletirá de novo

Vai ver, você bateu a cabeça
Quando era pequeno, com seu pai
Vai ver
Vai ver
Você só nasceu desse jeito e isso é tudo
Isso é tudo
Isso é tudo
Isso é tudo
Isso é tudo
Isso é tudo
Ah ah ah ah

Quantas vezes você se sentiu super babaca nas baladas
O cabelo na cara, todos estes foras para digerir
Você gritava na sua cabeça, você gritava a plenos pulmões
Que porra eu estou fazendo aqui?
La la la la la
Da próxima vez
Da próxima vez
Vai ter que se aceitar
Pelo menos isso vai dar um alívio pros seus pés
La la la la la la la
La la la

Vai ver é a sua mãe
Que te enganou
Vai ver
Vai ver
Você só nasceu desse jeito e isso é tudo
Isso é tudo
Isso é tudo

Isso é tudo

Você precisa de um mediador
24 horas por dia
Que absorva sua dor
De seus contatos infelizes
Enquanto espera
Da próxima vez
Você vai tomar as rédeas sozinho
Você poderá fazer uma infelicidade
Infelicidade
Infelicidade
Infelicidade
Infelicidade
Infelicidade
Mas mais sua essência que dá medo
La la la la la la la la

Vai ver
Vai ver
Você ainda poderá mudar
Vai ver
Vai ver
Vai ter que se mexer
Vai ver é seu pai
Vai ver é sua mãe
Foi o destino que te fez
Bom em nada
E lembre-se, se algum dia pisarem em você
Tranquilo
Tranquilo
Tranquilo

Você só precisa passar uma rasteira!
Rasteira
Rasteira
Ahahaha
Rasteira

Composição: Katerine Gierak
Enviada por Joe e traduzida por Pedro. Revisão por Pedro.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Mademoiselle K

Ver todas as músicas de Mademoiselle K