Além do Rio Azul

Lydia Moisés

Além do rio azul
As ruas são de ouro e de cristais
Ali tudo é vida, ali tudo é paz
Morte e choro, nunca mais
Tristeza e dor, nunca mais

Além do rio azul
As ruas são de ouro e de cristais
Ali tudo é vida, ali tudo é paz
Morte e choro, nunca mais
Tristeza e dor, nunca mais

Verei o grande rio da vida
Claro como o cristal
Verei a face do meu Mestre querido

Não haverá mais noite ali
Não haverá nenhum clamor
Verei os olhos de Jesus
E tocarei Seu corpo enfim
Não, não haverá mais noite ali
Não haverá nenhum clamor
Verei os olhos de Jesus
E tocarei Seu corpo enfim

As nações andarão em Sua luz
E as portas jamais se fecharão
A cidade é de ouro puro
De jaspe é seu muro
Além do rio azul

Morte e choro, tristeza e dor
Nunca mais, nunca mais
Morte e choro, tristeza e dor
Nunca mais, nunca mais

Morte e choro, tristeza e dor
Nunca mais, nunca mais
Morte e choro, tristeza e dor
Nunca mais

Além do rio azul

Composição: Carlos Moyses
Enviada por João. Legendado por Jornal. Revisões por 6 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog