caos / flor ***

Luísa Sonza

Hm, yeah, yeah

Já disse: Eu sou poema e problema pra tua vida
Tá bom, já tava mesmo de saída
Talvez eu goste mesmo de complicar
Complica, me desmistifica
Me lambe, e me instiga, e me mostra a tua
Meu amor

Não faz isso comigo, por favor
Enquanto eu sou o frio, tu é calor
É que meu ecossistema bagunçou
E seja pra onde for, te levo, meu amor

Teu presente, teu futuro é comigo
Nem consulta essas cartas de tarot
E que bom que meu sistema bagunçou
Que bom que tu chegou

Eu levo caos, tu leva flor
Levo pro céu num segundo
Com cara de quem quer ficar, e quer ficar pelada
Tu já conhece a minha cara de anja safada

Eu sei que te deixo de cara com a minha sentada
Do jeito que eu te canso e não me canso
Te desarma, miro no teu peito
Atiro tipo bala, teu corpo se deságua
Mas também, como não?

Já disse: Eu sou poema e problema pra tua vida
Tá bom, já tava mesmo de saída
Talvez eu goste mesmo de complicar
Complica, me desmistifica
Me lambe, me instiga e me mostra a tua

Já disse: Eu sou poema e problema pra tua vida
Tá bom, já tava mesmo de saída
Talvez eu goste mesmo de complicar
Complica, me desmistifica
Me lambe, me instiga e me mostra a tua
Meu amor

(Passa aqui mais tarde, passa aqui mais tarde)
(Desde o comecinho)
(Nosso amor é maior que tudo e transcende tudo)
(Hoje não tá fácil)
(Só me traga flores, só me traga flores)
(Te amo infinitamente)

Já disse: Eu sou poema e problema pra tua vida
Tá bom, já tava mesmo de saída
Talvez eu goste mesmo de complicar
Complica, me desmistifica
Me lambe, me instiga e me mostra a tua
Meu amor

(Dá beijinho, te amo, tchau!)
Caos e flor

Composição: Day / Douglas Moda / Luísa Sonza
Enviada por Danilo. Legendado por Babi.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog