Capoeira de Bessem

Lucio Sanfilippo

A muçurana bendita
Cobra de bote certeiro
Gerada pela navalha
Parida em balé rasteiro
Assunta enquanto fita
Assusta e não se agita
E ri enquanto estraçalha

Na cinta, fino punhal
Brajará de ouro e prata
Búzio de praia africana
Lama de rio da mata
E, no bolso do bornal
Axé de cobra-coral
Veneno de caninana

Na volta ao mundo das sete cores do céu
Serpente que lambe mel
Tempera o axé do boi
Ora e bate cabeça: Arroboboi!

Eu sei e, por isso, quero
Rezar essa minha prece
Pro deus que desce do céu
E toma o corpo da dona
Que meus olhos não esquecem
Dos olhos que se parecem
Dois guizos de cascavel

Composição: Luiz Antonio Simas
Enviada por Ayrton.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog