Che Gelida Manina

Luciano Pavarotti

Original Tradução Original e tradução
Che Gelida Manina

Che gelida manina
Se la lasci riscaldar
Cercar che giova?
Al buio non si trova
Ma per fortuna
È una notte di luna
E qui la luna
L'abbiamo vicina

Aspetti, signorina
Le dirò con due parole
Chi son, e che faccio
Come vivo. Vuole?

Chi son?
Sono un poeta
Che cosa faccio? Scrivo
E come vivo? Vivo!
In povertà mia lieta
Scialo da gran signore
Rime ed inni d'amore
Per sogni e per chimere
E per castelli in aria
L'anima ho milionaria
Talor dal mio forziere
Ruban tutti I gioelli
Due ladri, gli occhi belli
V'entrar con voi pur ora
Ed I miei sogni usati
E I bei sogni miei
Tosto si dileguar!
Ma il furto non m'accora
Poichè, v'ha preso stanza
La dolce speranza!
Or che mi conoscete
Parlate voi, deh! Parlate
Chi siete? Vi piaccia dir!

Que Mãozinha Gelada

Que mãozinha gelada
Deixa-me aquecê-la
Preocupa-se procurando algo?
No escuro não se encontra
Mas felizmente
É uma noite com luar
E aqui a lua
Se faz perto de nós

Espera, senhorita
Direi-lhe com duas palavras
Quem sou, quem sou e o que faço
Como vivo. Posso?

Quem sou? Quem sou
Sou um poeta
O que eu faço? Escrevo
E como vivo? Vivo!
Contento-me na minha pobreza
Mas esbanjo, como um príncipe
Rimas e canções de amor
Em sonhos e fantasias
E até castelos no ar
Minha alma é milionária
Mas do do meu cofre
Todo o meu tesouro foi roubado
Por um par de belos olhos
Contigo chegaram por ora
Todos os meus sonhos habituais
Todos os meus sonhos adoráveis
Mas rapidamente tiraram de mim!
Mas o furto não me abalou
Porque, em contrapartida você trouxe
A doce esperança!
Agora que me conhece
Fala-me de você! Fala
Quem é você? Do que você gosta!

Composição: Giacomo Puccini
Revisão por Raquel.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Luciano Pavarotti

Ver todas as músicas de Luciano Pavarotti