Luce Che Entra

Lorenzo Fragola

Original Tradução Original e tradução
Luce Che Entra

Conta I passi che hai fatto
L’amore che hai dato
La sete che hai spento e ricambia
I baci che hai preso
E a volte rubato
Coscente o distratto
E lascia indietro un errore
Uno sbaglio d’amore
Ce l’hai sulla pelle
E pensa che da ogni ferita c’è luce che entra

Non mi perdo neanche
Un giorno è sempre presto
Per tornare a casa
Ma la vita passa troppo in fretta e va
Ma quello che conta ti resta anche se se ne va

Sei luce che arriva e che brilla sola
Sei luce che entra ora
Sei luce che arriva e che scalda ancora
Sei luce che entra ora

Salta nell’acqua profonda
E respira la vita di tutta una vita
E pensa che neanche un secondo
Può andare sprecato

Non mi perdo neanche
Un giorno è sempre
Presto per tornare a casa
Ma la vita passa troppo in fretta e va
Ma il cielo ci resta aggrappato negli occhi si sa

Sei luce che arriva e che brilla sola
Sei luce che entra ora
Sei luce che arriva e che scalda ancora
Sei luce che entra ora

Non mi chiedere cos’è
Che ci unisce perché non ce n’è
Una spiegazione che
Non sia razionale

Sei luce che arriva e che brilla
Sei luce che scalda

Sei luce che arriva e che brilla sola
Sei luce che entra ora
Sei luce che arriva e che scalda ancora
Sei luce che entra ora

Sei luce che arriva e che sballa ancora
Sei luce che entra ora

Luz Que Entra

Conte os passos que você fez
O amor que você deu
A sede que você matou, e relembre
Os beijos que você teve
E às vezes roubado
Consciente ou distraído
E deixa para trás um erro
Um erro do amor
Você tê-lo em sua pele
E pense que a cada ferida tem a luz que entra

Não me perco nunca
Um dia é sempre mais cedo
Para voltar para casa
Mas a vida passa rápido demais e vai
Mas o que importa permanecerá mesmo se ele vai

Você é a luz que vem e que brilha sozinho
És a luz que entra agora
Você é a luz que entra e que ainda aquece
És a luz que entra agora

Salte em águas profundas
Ele respira a vida de toda uma vida
E pensa que mesmo um segundo
Pode ser desperdiçado

Não me perco nunca
Um dia é sempre
Corrido para ir para casa
Mas a vida passa rápido demais e vai
Mas o céu continua a haver agarrados no olho você sabe

Você é a luz que vem e brilha sozinho
És a luz que entra agora
Você é a luz que entra e que ainda aquece
És a luz que entra agora

Não me pergunte o que é
Que nos une porque não há
Uma explicação que
Não seja racional

Você é a luz que vem e brilha
Vocês são a luz que aquece

Você é a luz que vem e brilha sozinho
És a luz que entra agora
Você é a luz que entra e que ainda aquece
És a luz que entra agora

Você é a luz que vem e vai busto ainda
És a luz que entra agora

Enviada por Julia e traduzida por izzy.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Lorenzo Fragola

Ver todas as músicas de Lorenzo Fragola