Original Tradução Original e tradução
Revenge

Deep in this blackened void,
The space that used to be my soul
No ray of light no hope has shown
There in the darkened cold.

In time memories and pain
Will fade and disappear they must,
But not until this mortal being
Has turned to scattered dust

You cannot judge what you don't understand
Take the blade from the child's hand
All the petty lies and the jealous whores
Matter little and leave me bored

Repent, remorse, revenge

Why don't you just crucify me,
Nail me to a cross
And bite and scratch and make me scream
If that will get you off

You say a fall from grace would suit me well,
Well you can crawl straight back to hell,
Fear not to lie, it will seem a sharper hit
Nor to blaspheme it will pass for wit

Repent, remorse, revenge.

Vingança

Fundo neste negro vazio,
O espaço que costuma ser minha alma
Nenhum raio de luz, nenhuma esperança sendo mostrada
Aqui na fria escuridão.

No tempo, as memórias e a dor
Deverão definhar e desaparecer,
Mas não até este ser mortal
Ter-se tornado poeira espalhada

Você não pode julgar porque não entende
Tome a lâmina da mão da criança
Todas as mentiras bonitinhas e as prostitutas ciumentas
Pouco me importam e me deixam entediado

Arrependimento, remorso, vingança

Porque você não me crucifica logo,
Prega-me em uma cruz
E me morde e arranha e me faz gritar
Se isto mantiver você longe

Você diz que uma queda pelo encanto me faria bem,
Bem, você pode arrastar-se de volta para o inferno,
Não temo mentir, isto parecerá uma trapaça
Sem blasfemar, isto passará pelo espírito

Arrependimento, remorso, vingança

Composição: Sean Brennan
Enviada por Fellipe.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de London After Midnight

Ver todas as músicas de London After Midnight