Flat (feat. Yuuki Ozaki From Galileo Galilei)

Livetune

Original Tradução Original e tradução
Flat (feat. Yuuki Ozaki From Galileo Galilei)

doushite darou
boku ni nai mono wa zutto kirei ni mieru
itsu kara darou
kuraberu koto de kagayaki miidashiteta

kasumi nigotte iku shikai toriharaou
me to mimi o fusagu no wa hayasugiru kara

“masshiro na boku” da to sekai o nagekazu ni
karappo no tenohira waraitobashite sa
tokubetsu na nanika o oimotome nakute mo
kimi to warai aeru boku to warai, aeru
kogareta hikari no sasu basho wa souzou no saki no flat

itsu kara darou kibou wa akirame ni natte shimatte ita
doushite darou kanawanai yume da to kimetsukeru no wa

nigirishimete ita kobushi tokihanatou
ima made ni kuiru no wa hayasugiru kara

“makkura na yoru” da to sekai o korosazu ni
karappo dakara koso subete ni nareru no
tokubetsu na nanika o oimotome nakute mo
kimi to warai aeru boku to warai, aeru
kogareta hikari no sasu basho wa souzou no saki no flat

zutto jibun no koe ni wa
mimi kasazu ni ite kimi no koe o norotte bakari datta yo
kitto kakureta hikari
boku no naka ni umareteru tte shinjirunda
mitomete agerunda

“masshiro na boku” da to sekai o nagekazu ni
karappo no tenohira waraitobashite sa
tokubetsu na nanika o oimotome nakute mo
kimi to warai aeru boku to warai, aeru
kogareta hikari no sasu basho wa souzou no saki no flat

Plana (part. Yuuki Ozaki de Galileo Galilei)

Eu quero saber porque
As coisas que não tenho sempre parecem mais bonitas
Eu me pergunto quando foi que
Começei a ver brilho na comparação

Eu limpo meu campo de visão turvo e nebuloso
Porque é muito cedo para cobrir meus olhos e ouvidos

Ao invés de se lamentar pelo mundo e pelo vazio branco de seu interior
Apenas vamos rir da palma de nossas mãos vazias
Mesmo se não buscarmos algo de especial
Eu posso rir com você e você pode rir comigo
Vamos encontrar aquela luz acesa que aponta para a superfície plana onde nossa imaginação nos levará

Eu me pergunto quando foi que comecei a perder as esperanças
Eu me pergunto por que decidi que esse sonho não poderia se tornar realidade

Eu largo meu punho cerrado, porque ainda é muito cedo
Para se arrepender de tudo que aconteceu até agora

Não deixe o mundo morre por causa da noite negra como breu
É por causa de seu vazio que tudo pode acontecer
Mesmo se não buscarmos algo de especial
Eu posso rir com você e você pode rir comigo
Vamos encontrar aquela luz acesa que aponta para a superfície plana onde nossa imaginação nos levará

Eu nunca dei ouvidos à minha própria voz
Ela está completamente determinada em detestar o som da sua
Tenho certeza de que a luz que estava escondida
Está tomando vida dentro de mim
Então é hora de eu reconhecer você

Ao invés de se lamentar pelo mundo e pelo vazio branco de seu interior
Apenas vamos rir da palma de nossas mãos vazias
Mesmo se não buscarmos algo de especial
Eu posso rir com você e você pode rir comigo
Vamos encontrar aquela luz acesa que aponta para a superfície plana onde nossa imaginação nos levará

Enviada por Gabriel e traduzida por Gabriel. Revisão por Gabriel.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog