De mão dada

Letuce

Com que frequência acontece o novo?
Acontece o novo? acontece?
Com que frequência acontece de novo? acontece de novo? acontece?

Eu sempre oscilei, eu nunca confirmei
Minha presença, minha presença, minha presença, minha

Se for pra viajar, que seja voando, que seja voando, que seja/
Mas se for pra voar, que seja a pé, que seja a pé, que seja

Eu sempre duvidei, eu nunca precisei
Andar de mão dada, andar de mão dada, andar de mão dada, dada

Sorte dos cavalos que deitam pra comer na sombra
Às vezes calha da escolha não falhar, escolha não falhar, não falha
Às vezes rola do espaço não se espalhar, espaço não se espalhar, palha

Eu te demoro porque eu quero, não tenho medo do que eu espero:
Andar de mão dada, andar de mão dada, andar de mão dada…


Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Letuce

Ver todas as músicas de Letuce