Eu Canto, Bebo e Choro Por Você

Léo Magalhães

Apaixonado eu canto, eu bebo, choro por você
Não sou cachorro não, mas tô assim levando uma vida de cão
Ver os namorados e eu sozinho essa cena dói na alma
Todo mundo se mandando, o bar fechando
É o garçom que me consola me falando: Ela volta amigo calma

Sem ela, fico perdido
Deus o que é que eu faço agora
Sem pensar e aborrecido
Mandei meu amor embora

Hoje choro arrependido
Tô aqui pedindo arrego
Ouça o que eu tenho sofrido
Já não é mais um segredo, que eu estou

Apaixonado eu canto, eu bebo, eu choro por você
Não sou cachorro não, mas tô assim levando uma vida de cão
Ver os namorados e eu sozinho essa cena dói na alma
Todo mundo se mandando, o bar fechando
É o garçom que me consola me falando, ela volta amigo calma

Sem ela, fico perdido
Deus o que é que eu faço agora
Sem pensar e aborrecido
Mandei meu amor embora

Hoje choro arrependido
Tô aqui pedindo arrego
Ouça o que eu tenho sofrido
Já não é mais um segredo, que eu estou

Apaixonado eu canto, eu bebo, eu choro por você
Não sou cachorro não, mas tô assim levando uma vida de cão
Ver os namorados e eu sozinho essa cena dói na alma
Todo mundo se mandando
O abestado é o garçom que me consola me falando: Ela volta amigo calma

Apaixonado eu canto, eu bebo, eu choro por você
Não sou cachorro não, mas tô assim levando uma vida de cão
Ver os namorados e eu sozinho essa cena dói na alma
Todo mundo se mandando
O abestado é o garçom que me consola me falando: Ela volta amigo calma

Composição: Paulynho Paixão
Enviada por Felipe. Legendado por manoel. Revisões por 4 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Léo Magalhães

Ver todas as músicas de Léo Magalhães