Malvadeza

Lenine

Malvadeza
Judiar assim
Tenha dó do meu coração
Que desatinou, roeu, que deu pena
Amargou essa solidão
Desabou a chorar por ti, ô Serena
Pronto pro teu perdão

Malvadeza
Judiar assim
Tenha dó do meu coração
Que desatinou, roeu, que deu pena
Amargou essa solidão
Desabou a chorar por ti, ô Serena
Pronto pro teu perdão

Enviada por Ruben. Revisão por Simone.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog