Tens

Lauriete

Tens a beleza da cor e a ternura das aves
Tens a pureza da flor de perfume suave
Tens um aroma singelo que passa sem pressa
Tens em tuas mãos a palavra de ricas promessas tens

Tens em tuas mãos uma mina de ricos tesouros
Mais preciosos que a prata, mais ricos que o ouro
Tens a vitória na morte, tens o segredo da vida
E só, tu és, meu Deus

Tens a sublime inocência do olhar da criança
E no dia a dia da vida, és a esperança
De um barco que vai para o mar mas que espera voltar
E que amanhã novamente o sol brilhará
Tens

Tens em tuas mãos uma mina de ricos tesouros
Mais preciosos que a prata, mais ricos que o ouro
Tens a vitória na morte, tens o segredo da vida
E só tu és, e só tu és, e só tu és Meu Deus, Meu Deus

Composição: Ozéias de Paula
Enviada por Wellyngton. Revisão por Ícaro.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Lauriete

Ver todas as músicas de Lauriete