Potinho

Lauana Prado

Tem algo nesse seu jeito
Que eu não sei como lidar
Dá uma vontade louca
De beijar sua boca e nunca mais parar

Eu não sei o que é direito
Só você pra me explicar
Seu abraço veste tão bem
Que dá até vontade de te raptar

Guardar você num potinho, num esconderijo
Pra não ter perigo de alguém te roubar
Achei uns pedacinhos de mim em você
Exatamente os que faltavam pra me preencher
Pra me preencher

Escreveu amor a mão em todo o meu corpo
Mas isso pra gente ainda é pouco, tão pouco
Impossível não querer de novo

Escreveu amor a mão em todo o meu corpo
Mas isso pra gente ainda é pouco, tão pouco
Impossível não querer de novo

Tem algo nesse seu jeito
Que eu não sei como lidar
Dá uma vontade louca
De beijar sua boca e nunca mais parar

Eu não sei o que é direito
Só você pra me explicar
Seu abraço veste tão bem
Que dá até vontade de te raptar

Guardar você num potinho, num esconderijo
Pra não ter perigo de alguém te roubar
Achei uns pedacinhos de mim em você
Exatamente os que faltavam pra me preencher
Pra me preencher

Escreveu amor a mão em todo o meu corpo
Mas isso pra gente ainda é pouco, tão pouco
Impossível não querer de novo

Escreveu amor a mão em todo o meu corpo
Mas isso pra gente ainda é pouco, tão pouco
Impossível não querer de novo

Escreveu amor a mão em todo o meu corpo
Mas isso pra gente ainda é pouco, tão pouco
Impossível não querer de novo

Escreveu amor a mão em todo o meu corpo
Mas isso pra gente ainda é pouco, tão pouco
Impossível não querer de novo

Impossível não querer de novo

Composição: Cristian Luz / Elias Mafra / Gabriel Rocha / Lauana Prado
Enviada por Madelene. Legendado por Ariel.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Lauana Prado

Ver todas as músicas de Lauana Prado