Original Tradução Original e tradução
Rosas

En un día de estos en que suelo pensar
Hoy va a ser el día menos pensado
Nos hemos cruzado, has decidido mirar
A los ojitos azules que ahora van a tu lado

Desde el momento en el que te conocí
Resumiendo con prisas, tiempo de silencio
Te juro que a nadie le he vuelto a decir
Que tenemos el record del mundo en querernos

Por eso esperaba con la carita empapada
Que llegaras con rosas, con mil rosas para mí
Porque ya sabes que me encantan esas cosas
Que no importa si es muy tonto, soy así
Y aún me parece mentira que se escape mi vida
Imaginando que vuelves a pasarte por aquí
Donde los viernes, cada tarde como siempre
La esperanza dice: Quieta, hoy quizá sí

Escapando una noche de un bostezo del Sol
Me pediste que te diera un beso
Con lo baratos que salen mi amor
¿Qué te cuesta callarme con uno de esos?
Pasaron seis meses y me dijiste adiós
Un placer coincidir en esta vida
Ahí me quedé en una mano el corazón
Y en la otra excusas que ni tú entendías

Por eso esperaba con la carita empapada
Que llegaras con rosas, con mil rosas para mí
Porque ya sabes que me encantan esas cosas
Que no importa si es muy tonto, soy así
Y aún me parece mentira que se escape mi vida
Imaginando que vuelves a pasarte por aquí
Donde los viernes, cada tarde como siempre
La esperanza dice: Quieta, hoy quizá sí

Y es que empiezo a pensar
Que el amor verdadero es tan solo el primero
Y es que empiezo a sospechar
Que los demás son solo para olvidar

Por eso esperaba con la carita empapada
Que llegaras con rosas, con mil rosas para mí
Porque ya sabes que me encantan esas cosas
Que no importa si es muy tonto, soy así
Y aún me parece mentira que se escape mi vida
Imaginando que vuelves a pasarte por aquí
Donde los viernes, cada tarde como siempre
La esperanza dice: Quieta, hoy quizá sí

Rosas

Um dia desses em que eu costumo pensar
Hoje vai ser o dia menos pensado
Nos cruzamos, você decidiu olhar
Para os olhinhos azuis que agora caminham ao seu lado

Desde o momento em que te conheci
Resumindo com pressas, tempo de silêncio
Te juro que nunca mais disse a ninguém
Que temos o recorde do mundo em nos querermos

Por isso esperava com a carinha encharcada
Que você chegasse com rosas, com mil rosas para mim
Porque você já sabe que me encantam essas coisas
Que não importa se é muito tonto, eu sou assim
E ainda me parece mentira que perca minha vida
Imaginando que você volte a passar por aqui
Onde às sextas-feiras, todas as tardes, como sempre
A esperança diz: Quieta, hoje talvez sim

Escapando uma noite de um bocejo do Sol
Você me pediu que te desse um beijo
Quão barato eles são, meu amor
O que custa me calar com um desses?
Passaram seis meses e você me disse tchau
Foi um prazer nos conhecermos nessa vida
Ali fiquei com o coração em uma mão
E na outra, desculpas que nem você entendia

Por isso esperava com a carinha encharcada
Que você chegasse com rosas, com mil rosas para mim
Porque você já sabe que me encantam essas coisas
Que não importa se é muito tonto, eu sou assim
E ainda me parece mentira que perca minha vida
Imaginando que você volte a passar por aqui
Onde às sextas-feiras, todas as tardes, como sempre
A esperança diz: Quieta, hoje talvez sim

E é que eu começo a pensar
Que o amor verdadeiro é apenas o primeiro
E é que eu começo a suspeitar
Que os demais são apenas para esquecer

Por isso esperava com a carinha encharcada
Que você chegasse com rosas, com mil rosas para mim
Porque você já sabe que me encantam essas coisas
Que não importa se é muito tonto, eu sou assim
E ainda me parece mentira que perca minha vida
Imaginando que você volte a passar por aqui
Onde às sextas-feiras, todas as tardes, como sempre
A esperança diz: Quieta, hoje talvez sim

Composição: Alvaro Fuentes / Amaia Montero / Haritz Garde / Pablo Benegas / Xabi San Martín
Legendado por Jaquelyne e Jaiane. Revisões por 14 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog