Red Moon

Kalafina

Original Tradução Original e tradução
Red Moon

[kontia store
ee maria
maria dore
ema asorta mia daro]

te wo nobashite kimi ni fureta toki
takai onpu ga mune no naka ni hitotsu
kureyuku sora futari de mitsumeta
doko made mo tsuzuku sekai ga
yondeita

koi ni ochite itami wo shiri
hito wa hito ni nareru no darou
kimi ga naita yoru no mukou
hibiki wataru toki no shinbaru (cymbals)

kono sora ni egaku futari no karuma (karma) ga
ai no uta wo kanaderu to kitto shinjite
akai tsuki no namida shizuka na ongaku
ikite yukou
hikari wo wakeau you ni

[sarami amari kantia atore]

kimi no koe ga yondekureta kara
hajimete no negai ga umareta you de
sono te wo tori mihatenu sora made
rokugatsu no akai tsukikage
oikakete

umareochita namida no umi
hito wa nando sakebu no darou
tsuieta yume kage no naka ni
hikari are to
hibike areruya

ikite yuku tada sore dake no karuma ga
yorokobi yori kurushimi wo yobu no wa doushite
yume miru no wa itsumo shizuka na ongaku
kimi to nemuru kanata he todoku you ni

kimi ni fureta toki
hajimete no uta ga sekai ni umareta

[kanti store
toda kore
marti store
marka torda

kanti store
toda kore
marti store
marka torda]

kudakeochita natsu no naka ni
hibiki wataru nageki no uta
koi mo yume mo itsuka kiete
sore demo mada todokanu koe

yogoreta te de hana wo kurai
kimi to tomo ni ikiru no darou
horobi no yume toki no mukou
kikoeru deshou
tooi areruya

kono sora ni tatta ichido dake de ii
ai no uta wo hibikasete homura no you ni
afuredasu yo hageshiku shizuka na ongaku
akai tsuki wa yume wo miru
saigo no sora

tomari soltia konstia midia
debari soltia martia filtia
tomari soltia konstia midia
debari mortia samari no doche

[sti iya]

Lua Vermelha

[Kontia store
Ee maria
Maria dore
Ema asorta mia daro]

Quando estendi minha mão e toquei você
Não havia uma única nota alta dentro do meu peito
Nós olhamos juntos para o céu escurecendo
O mundo que continua em todos os lugares
Chamando

Para conhecer a dor de se apaixonar
As pessoas se tornam humanos
Através da noite você chorou
Os prantos do tempo passando(prantos)

Eu certamente acredito (karma) que este céu
Vai tocar uma música de amor
As lágrimas da lua vermelha é a música calma
Vamos viver
Para que possamos compartilhar a luz com o outro

[Sarami amari kantia atore]

Porque a sua voz me chamou
Era como um desejo de nascer pela primeira vez
Eu vou pegar sua mão, como o céu inacabado
E a lua vermelha de junho
Nós persegue

Quantas vezes as pessoas gritavam...
Um mar de lágrimas recém nascido
Dentro dos sonhos desmoronados
Nas sombras há
''Luz'' aleluia

Por que o carma de simplesmente viver
Ligue para o sofrimento, em vez de alegria?
Por que eu sempre sonho com uma música calma
Em chegar lá é dormir com você

Quando toquei você
A canção nasceu neste mundo pela primeira vez

[Kanti store
Toda kore
Marti store
Marka torda

Kanti store
Toda kore
Marti store
Marka torda]

No meio de um verão quebrado
Uma canção de dor ressoa através dele
Amor e sonhos desapareceram um dia
Mais a minha voz ainda não chegou

Com as mãos sujas que eu recebo as flores
Eu poderia ser capaz de viver junto com você
Em um sonho de destruição no tempo
Você pode ouvi-lo, certo?
Um aleluia distante

Só uma vez é bom, deixe a música de amor ecoar
Dentro deste céu que está em chamas
Ela canta uma música calma intensamente
Os vermelhos sonhos da lua
No ultimo céu

Tomari soltia konstia midia
Debari soltia martia filtia
Tomari soltia konstia midia
Debari mortia samari no doche

[Sti iya]

Composição: Yuki Kajiura
Enviada por Suki e traduzida por gabrielle. Revisão por VanillaHeart.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Kalafina

Ver todas as músicas de Kalafina