Sarah de Salém

K o d a

Jogue fora de casa esses teus objetos
Limpe a mesa da sala, acenda seu incenso
A tua agulha é tua arma controla todo o resto
Pegue os trapos que fará da vida dele o inferno

Bata de casa em casa, até achar o inseto
Que dá tua alma exala horror e desafeto
Faça com que responda apenas um desejo
Tire o fio de cabelo e leve ele em segredo

Vai preparar tua mesa, tá na hora de brincar
Sangue em tua beleza e com ele tu engasgar

Tá na hora do jantar, ao lado da sua refeição agulha e boneco
Faz tua sala de estar
Ser o centro de tortura, dor sendo completo show
Suja feita tua alma, seus passos são incertos
Guarda os restos na caixa, eles estão por perto
O oculto é morada, filha dos sete infernos
Fuja, pequena Sarah, da fogueira e do clero

Vai preparar tua mesa, tá na hora de brincar
Sangue em tua beleza e com ele tu engastar
Corre e segue a correnteza, eles vão vir te pegar
Marchas buscando as pequenas, com as outras vai queimar

Tá na hora do jantar, ao lado da sua refeição agulha e boneco
Faz tua sala de estar
Ser o centro de tortura, dor sendo completo show

Composição: @hyoguera / @kodaoficial / @okami_smile / @takad444 / Arte: Hyoguera / Composicao / Edição / Produção: Okami / Takada / Voz: Koda
Enviada por Conatus. Revisão por Miguel.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog