Quero Falar

Jorginho Gomez

Posso falar de tudo que me emocionou
Coisas tolas, papo sério, ou então bobas demais
Na agonia do modo de se expressar
Eu penso, eu falo, e logo me calo
Sem tempo pra mostrar

O que sinto aqui no peito
Ninguém pode saber direito
Sei que posso ter mil defeitos
Mas quero falar, e me desvendar, ouvir meu coração
O que sinto aqui no peito
Ninguém pode saber direito
Sei que posso ter mil defeitos
Mas quero falar, e me desvendar, e poder tocar em você

Posso brincar com essa comunicação
Que inflama minha mente, sem querer se aquietar
Pra quê trancafiar a voz do coração
Eu vou pôr agora, um fim nessa estória de repudiar

O que sinto aqui no peito...

"pra quê ficar pensando no que esse povo todo vai falar, e vir lhe criticar
Porque tu soltou o verbo, que ficava inquieto
Rodeando tua mente teu interior
Não tenha receio, e sem anseios
Perca esse medo de sempre dizer o que você pensa
Pois sua consciência é a única que pode te impedir de dizer

O que sinto aqui no peito
Ninguém pode saber direito
Sei que posso ter mil defeitos
Mas quero falar, e me desvendar, ouvir meu coração
O que sinto aqui no peito
Ninguém pode saber direito
Sei que posso ter mil defeitos
Mas quero falar, e me desvendar, e poder tocar

(o que sinto aqui no peito)
Posso falar pra todos
Posso falar de tudo o que eu quero
(o que sinto aqui no peito)
Eu penso, eu falo, e logo me calo
Sem tempo pra mostrar, ah, ah
(o que sinto aqui no peito)
Pra quê trancafiar a voz do coração, do coração...

Composição: Jorginho Gomez
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Jorginho Gomez

Ver todas as músicas de Jorginho Gomez