Sou Estrangeiro

Jorge Araujo e Eula Paula

Sou estrangeiro, sou forasteiro
Só uma noite moro aqui
Só uma noite moro aqui
Oh não me impeças, quero seguir-te
Para a cidade maravilhosa

O mundo não tem, o que procuro
Meu desejo é ir morar na cidade do meu Deus
Ó desejo, sim desejo ir morar

Lá ninguém chora, não há angustia
Não há pecado, não existe a morte
Sou estrangeiro, sou peregrino
Só uma noite, só uma noite
Moro aqui

Composição: Jorge Araujo
Enviada por JORGE. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog