'81

Joanna Newsom

Original Tradução Original e tradução
'81

I found a little plot of land
in the garden of eden
it was dirt and dirt is all the same

I tilled it with my two hands
and I called it my very own
There was no one to dispute my claim

Well, you'd be shocked at the state of things
The whole place had just cleared right out
It was hotter than hell, so I lay me by a spring
For a spell as naked as a trout

The wandering eye that I have caught
Is as hot as a wandering sun
But I will want for nothing more, in the garden
To start again
In the hardening of every new heart but one

Meet me in the garden of Eden,
Bring a friend, we are going to have a time
We have are going to have a garden party,
It's on me, no sir-e, it's my dime

We broke out hearts in the war between
St. George and the dragon
But both in equal parts are welcome to come along
To come along, I'm inviting everyone

Farewell, to loves that i have known
Even muddiest as waters run
Tell me what is meant by sitting alone in a garden,
Seceded from the Union in the year of '81?

The unending amends you made
Are enough for one life, be done
I believe in innocence, little darling, start again
I believe in everyone

I believe, regardless, I believe in everyone

'81

Achei um pedacinho de terra
No jardim do Éden
Era terra e terra é sempre igual

Eu a lavrei com minhas duas mãos
E chamei-a de só minha
Não havia ninguém para me contestar

Bem, você ficaria chocado com o estado das coisas
O lugar tinha acabado de ser esvaziado
Era mais quente que o inferno, então eu me deito perto do riacho
Me deixando tão nua como uma truta

O olho errante que meu olhar cruzou
É tão quente quanto um sol errante
Mas não vou querer mais nada, no jardim
Para começar de novo
Conforme todo coração endurece, menos um

Encontre-me no jardim do Éden,
Traga um amigo, vamos nos divertir
Vamos fazer uma festa no jardim,
Na minha conta, não senhor, o dinheiro é meu

Nós quebramos corações na guerra entre
São Jorge e o dragão
Mas ambos são igualmente bem-vindos para vir
Para vir, estou convidando a todos

Adeus, aos amores que eu conheci
Até as águas lamacentas correm
Diga-me o que significa sentar-se sozinho num jardim,
Separado da União no ano de '81?

As intermináveis amizades que fizeste
São suficientes para uma vida, acredite
Eu creio na inocência, minha querida, começar de novo
Eu acredito em todo mundo

Acredito que, independentemente disso, eu acredito em todo mundo

Composição: Joanna Newsom
Enviada por Emanoel e traduzida por Guilherme.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Dicionário de pronúncia

Ver mais palavras

Posts relacionados

Ver mais no Blog


Mais músicas de Joanna Newsom

Ver todas as músicas de Joanna Newsom