Labareda

Jefferson e Suellen

Ficai em Jerusalém
Até que, do alto, sejas revestido de poder
Eu mandarei o consolador
E, quando vier, Ele dará graça e temor

Uns desistiram, voltaram pra casa
Mas cento e vinte ali ficaram
Quando, de repente, ouviu-se um som
E dos quatros cantos um vento soprou

Vem como labareda de fogo
Vem como labareda de fogo
E pousa sobre cada um de nós
E pousa sobre cada um de nós

Vem como labareda de fogo
Vem como labareda de fogo
E pousa sobre cada um de nós
E pousa sobre cada um de nós

Uns desistiram, voltaram pra casa
Mas cento e vinte ali ficaram
Quando, de repente, ouviu-se um som
E dos quatros cantos um vento soprou

Vem como labareda de fogo
Vem como labareda de fogo
E pousa sobre cada um de nós
E pousa sobre cada um de nós

Vem como labareda de fogo
Vem como labareda de fogo
E pousa sobre cada um de nós
E pousa sobre cada um de nós

Vem com Teu fogo
Reacende a chama, sopra o Teu vento
Vem, nos inflama, aqui estamos, Senhor
Aqui estamos, Senhor

Vem com Teu fogo
Reacende a chama, sopra o Teu vento
Vem, nos inflama, aqui estamos, Senhor
Aqui estamos, Senhor

Vem como labareda de fogo
Vem como labareda de fogo
E pousa sobre cada um de nós
E pousa sobre cada um de nós

Vem como labareda de fogo
Vem como labareda de fogo
E pousa sobre cada um de nós
E pousa sobre cada um de nós

Vem como labareda de fogo
Vem como labareda de fogo
E pousa sobre cada um de nós
E pousa sobre cada um de nós

Composição: Jeferson Rodrigo
Enviada por Gabriel. Legendado por Júlia. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog