Mondo Muderno (De Mierda)

Jay Vaquer

Tudo que faço é pra mim
Até a bondade que ofereço
Fui evoluindo assim
Pra conseguir o que mereço

Questão de sobrevivência
Quem falou em decência?
Passo por cima pra ninguém me atropelar
O que é que há? sai pra lá!
O seu vem depois, muito natural
Depois, se sobrar tempo, meu caro
Vou ser a pessoa mais legal
Se restar alguma migalha, fui claro?

Depois, se sobrar espaço
Ninguém é de ferro
Ninguém é de aço
E é no berro que faço
Diacho!
Pra garantir o meu
Compreendeu?
Com certeza
A seleção natural é da natureza
Então por gentileza
Vê se não cansa a beleza
E responda a seguinte questão:

Você é diferente?
Não é assim?
A gente logo sente
Quem é ruim
Você, Madre Teresa
Uma bondade só
Vai ensinar ao mundo
Um amor maior
No mondo muderno
No mondo muderno

Composição: Jay Vaquer
Enviada por André. Legendado por Wiliam. Revisões por 2 pessoas.
Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog